Rádios On-line
8460
Prefeitura Animais Peçonhentos
GRUPO RCN

Tudo por uma Honda

Reality do Grupo RCN movimenta Três Lagoas e Paranaíba

12 JAN 2018 - 11h:40Por Redação

Ficar mais de 61 horas em cima de uma moto sem pôr os pés no chão, sem dormir, podendo comer e beber água somente em horários curtos e determinados não é fácil. Mas, acredite. Há quem consegue! Principalmente quando, depois de vencer um desafio assim, leva pra casa uma moto Honda novinha. 
Duas coisas movem quem se aventura a entrar em um reality show extremamente exigente: o prêmio e o desafio pessoal de superar limites. A cabeleireira Michele da Silva, que fez aniversário na sexta-feira, dia 22, é mãe de quatro filhos, tem jornada tripla entre o trabalho e os deveres de casa, encarou o reality “Essa Honda é Minha”, realizado pelo Grupo RCN de Comunicação em Três Lagoas, venceu e ganhou uma moto 0km que custa R$ 14 mil. A “arena” da disputa foi montada na praça Senador Ramez Tebet, no centro.

Assim também ocorreu no reality realizado na Praça da República, em Paranaíba. O auxiliar de produção, Cassiano da Silva Pereira, de 22 anos, resistiu por 44 horas e meia e venceu competição semelhante disputada por mais 14 “guerreiros”, conquistando outra moto de quase R$ 10 mil. Os dois revelaram que a entrada e a vitória foram questões desafiadoras. Primeiro, encarar o medo de estar sendo vigiado o tempo todo, sob regras rígidas. Depois, de superar pessoas que também se preparam

Cassiano, auxiliar de produção, disse que trabalha bastante e que é “apaixonado por tereré”. Michele diz que luta para encontrar tempo para as filhas em meio a tanto trabalho. E que consegue! 
“Estou cansada demais, mas feliz por ter conquistado meu prêmio exatamente no dia de meu aniversário”, disse Michele pouco depois de ser “liberada” para caminhar, comer, beber... e após passar por um exame clínico por uma equipe da IF Saúde. Ela estava completando 33 anos na sexta-feira, dia 22, e foi abraçada pelo marido Robson e as filhas. Michele ganhou a moto após Richard Nascimento de Oliveira, de 36 anos, ser derrotado pelo cansaço e o sono. Ele colocou o pé esquerdo no chão e foi “captado” pelas câmeras de monitoramento da empresa Inviolável. Pouco depois de examinado, saiu do local abraçado por parentes. “Você também é um vencedor”, gritou um amigo.


Cassiano estava exausto. Nem bem foi anunciado como ganhador da moto logo procurou uma cadeira para relaxar a coluna vertebral. “Quando subi na moto não imaginava que conseguiria chegar à final - menos ainda ganhar a moto”, revelou. E foi logo dizendo o que pretende fazer com o prêmio. Vou vender a moto e usar o dinheiro para abrir uma loja de roupas em um salão que eu tenho na frente de minha casa.”
O segundo na disputa com Cassiano, Odair dos Santos, de 29 anos, também foi vencido pelo cansaço. Mesmo assim, disse que se sente “um vencedor” e que, agora, sabe que passou “por uma grande experiência de vida”.

Um pouco mais de vencedores

Michele é a terceira mulher a vencer o reality em Três Lagoas. A primeira foi a camareira Lucimar Brito, dona do recorde de 64 horas seguidas sobre a moto, em 2015. No ano passado, a ganhadora foi a vendedora Lorena Figueiredo. No primeiro reality, em 2014, o vencedor foi o professor Júlio Cesar Moreira, conhecido por Maromba. No ano passado, Josimar Francisco de Souza, de 26 anos, foi o vencedor do reality show de Paranaíba após ficar por 35 horas sem tocar o chão. 

Por resultados gerais

O gerente comercial da Honda Mototrês, Clodoaldo Araújo, e o diretor jurídico do Grupo RCN, Lucas Congro, entregaram a moto modelo XRE 190 cilindradas à Michele. Clodoaldo destacou “a felicidade” de ver o esforço da ganhadora no reality e detalhes da moto. “Esse é um modelo com tecnologia de ponta e com a qualidade Honda, com durabilidade, conforto e economia. É um modelo com excelente margem de venda entre todos da Honda”, disse.

Em Paranaíba, o reality é realizado em parceria com a empresa Honda Cometa Moto Center. Segundo o gerente da empresa, Rogério dos Santos Silva, a entrega da moto ao ganhador “é a concretização de um plano igualmente vencedor” em referência à compensação dos competidores, satisfação de todos os envolvidos e o retorno comercial. Para o coordenador artístico do Grupo RCN, Fernando Moraes, o resultado das duas promoções atingiu os objetivos. “Tivemos grandes parcerias e conseguimos despertar a competição pelos prêmios nas duas cidades”, afirmou. Leonardo Guimarães, coordenador da Cultura FM 106,3 MHz, de Paranaíba, disse que “o público ficou empolgado com o evento”. Agora, o desafio do Grupo RCN é repetir a dose em 2018. “Com o empenho de todos os nossos colaboradores e com a confiança obtida junto aos parceiros, além de apoios que recebemos, vamos sempre executar planos como este”, disse o diretor-executivo Estêvão Congro.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
6864