Rádios On-line
CULTURA

12ª Semana Pra Dança será de 24 de abril a 1º de maio

Artistas homenageados este ano pelo evento é a bailarina Renata Leoni e o coreógrafo Edson Clair

19 ABR 2018 - 12h:00Por Redação

Divulgar a cena da dança de Mato Grosso do Sul e promover o diálogo com profissionais da área no âmbito nacional e internacional, além de ampliar o acesso do público sul-mato-grossense aos espetáculos dos grupos locais é o intuito da 12ª Semana Pra Dança, realizada pela Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania (SECC) e Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) em parceria com a Câmara Setorial de Dança de Campo Grande.

O evento acontece de 24 de abril a 1º de maio em diferentes pontos da Capital com oficinas, mostras e apresentações. A entrada é franca e os convites para os espetáculos devem ser retirados meia hora antes nas bilheterias. Os artistas homenageados este ano pelo evento é a bailarina Renata Leoni e o coreógrafo Edson Clair.

Renata Leoni atua como produtora, gestora cultural, diretora, coreógrafa e intérprete criadora. Pós-graduada em dança pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) ela é co-diretora da Ginga Companhia de Dança tendo atuado também no Conectivo Corpomancia – coletivo de artistas da cidade – e na Arado Cultural, associação de produtores culturais, na elaboração de projetos, na captação de recursos e na produção executiva de iniciativas em dança. Atualmente ela é superintendente de Cultura na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campo Grande e secretária-executiva do Conselho Municipal de Políticas Culturais. Atua ainda como coordenadora do Seminário de Dança do Festival de Joinville em 2018 e 2019.

Edson Clair é coreógrafo, diretor e professor, iniciou seus estudos em dança aos 14 anos, fazendo aulas de ballet, jazz, dança moderna entre outros. Em 1996 criou o Funk-se, focado na democratização do acesso às manifestações artísticas. O coletivo foi responsável pela disseminação das danças urbanas em Campo Grande e no Estado, através de oficinas e projetos sociais. Atualmente dedica-se à construção cênica e de movimentação; além de consolidar as aproximações (comunicação) espetáculo-público, investigando temas regionais e universais, podendo construir, dessa maneira, novas formas de diálogo com a produção cultural da cidade exercitando um pensamento contemporâneo das danças urbanas.

A 12ª Semana Pra Dança, neste ano, vai ser acompanhada pelos programadores Jacob Alves e Verusya Correia, que ao final do evento participarão de uma roda de conversas com o objetivo de gerar uma rede de intercâmbios e circulação para os grupos de dança do Estado.

Jacob Alves é artista residente/diretor e curador do espaço balde e diretor do Junta Festival Internacional de Dança e ex-integrante do coletivo galpão do Dirceu. Trabalha como artista e reside em Teresina (PI). Desenvolve pesquisas cruzando elementos estéticos como iluminação, máscaras, dança, performance, vídeo e estéticas relacionadas a gambiarras. Participou de festivais como Brasil Move Berlin (Alemanha, 2012), Kyoto Experiment (Japão, 2011), Europália (Bélgica, 2011), Kunstenfestivaldesarts (Bélgica, 2013), Festival Panorama de Dança (Rio de Janeiro, 2008, 2009 e 2010), entre outros. Atualmente desenvolve pesquisa em uma plataforma denominada GambiarraConspiracy. Sua principal área de interesse é investigar arte tecnologia/tecnologia precária, biogambiarra, e a partir das linguagens, extrapolar no corpo determinadas características desse homem, a fim de discutir ou “monstrificar” qualidades.

Verusya Correia é artista da dança e produtora cultural. É também mestre do programa de Pós-Graduação em Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA), com a pesquisa ‘Dança como campo de ativismo político: O bicho caçador’ (2013), especialista em estudos avançados em dança contemporânea: coreografia e pesquisa finalizada em 2006 no Centro Universitário da Cidade, no Rio de Janeiro (RJ) e licenciada em dança pela UFBA, em 1997. Hoje, dirige o Estúdio Pilates Itacaré e é idealizadora e diretora artística do Festival de Dança Itacaré. Coordena, junto com o Núcleo da Tribo, o Centro Cultural Porto de Trás.

Acontecerão também a Oficina Ibípio com o bailarino Geraldo Si (Alemanha/Brasil), a Oficina Combinado Argentino de Danza (Argentina) e a Residência Artística “Guilhotina Dreams” com Jacob Alves.

As inscrições para as oficinas podem ser feitas neste link. Informações mais detalhadas pelo telefone (67) 3316-9110.

(Informações Notícias MS)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13