Rádios On-line
EDUCAÇÃO

Ceespi apresenta as ações realizadas no primeiro trimestre de 2018

Foram realizadas orientações sobre o trabalho a ser desenvolvido com os professores de apoio especializado e avaliação de estudantes

4 MAI 2018 - 06h:00Por Redação

O Centro Estadual de Educação Especial e Inclusiva (Ceespi), por meio de seus núcleos: Núcleo de Educação Especial (Nuesp), Núcleo de Acompanhamento Específico (NAE), Núcleo de Inserção e Acompanhamento da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho e Núcleo de Classe Hospitalar, realizou durante o primeiro trimestre de 2018 várias ações nas escolas da Rede Estadual de Ensino, hospitais conveniados e em empresas privadas de Campo Grande.

Através dos Núcleos de Educação Especial e de Acompanhamento Específico, foram realizadas orientações sobre o trabalho a ser desenvolvido com os professores de apoio especializado e avaliação de estudantes através da equipe multipedagógica (fonoaudiologia, fisioterapia, psicólogos e especialistas em educação especial).

Já com o Núcleo de Inserção e Acompanhamento da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho, foram feitas solicitações de vagas em empresas privadas, para os estudantes da rede e para pessoas da comunidade, ambos com deficiência. Às empresas que disponibilizaram vagas foram oferecidas palestras realizadas pelos técnicos psicólogos e especialistas em Educação Especial, informando quais as práticas que favorecem o processo de inclusão no ambiente de trabalho. E no Centro de Atendimento Educacional Especializado do Ceespi tiveram aulas de Habilidades Básicas e de Auxiliar Administrativo, como forma de preparação para a inserção das pessoas com deficiência para o trabalho.

O Núcleo de Classe Hospitalar que atua nos hospitais da Santa Casa, Universitário, Regional, São Julião e Casa de Apoio AACC, conta com 20 professores especialistas em educação inclusiva, através da interação com o estudante/paciente promovem o uso da tecnologia na prática pedagógica como instrumento facilitador na aprendizagem; Ações lúdicas entre estudantes/paciente e seus acompanhantes na Brinquedoteca com acompanhamento da professora da Classe Hospitalar; Aulas ministradas nos leitos com cuidado e afetividade, sempre considerando a situação de saúde de cada um; a equipe de professores do Núcleo de Classe Hospitalar realiza planejamento semanal e utilizam o referencial pedagógico das escolas da rede estadual para elaborar atividades e ofertar continuidade de ensino aos estudantes/pacientes;

A coordenadora do Ceespi, Ângela Dias, acredita que “os objetivos no processo de inclusão nas escolas da rede estadual de Campo Grande estão sendo alcançados. Atualmente o Centro conta com uma equipe de 45 técnicos especialistas em educação especial e 413 professores de apoio especializado que trabalham promovendo uma educação especial numa perspectiva de educação inclusiva. Durante este ano darão continuidade na formação continuada para professores de apoio especializado e de sala de recursos multifuncional que, inclusive, serão iniciadas no próximo dia 27 de abril”.

Com essas ações o Ceespi fecha o primeiro trimestre do ano cumprindo com o planejamento elaborado e primando pela eficiência de toda a equipe.

(Informações Notícias MS)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13