Rádios On-line
AO VIVO

‘Cenário CBN 2020’: Sebrae aposta em parceria, atitude e otimismo contra crise

Entrevistas acontecem todas as segundas, quartas e sextas e são transmitidas pela Facebook CBN Campo Grande 93,7 às 10h30

23 MAR 2020 - 10h:56Por Marcus Moura e Ginez Cesar

O atual momento econômico e as possíveis consequências para os micro e pequenos empresários, diante da pandemia da Covid-19 foram temas da entrevista da série “Cenário CBN 2020 - Desafios e Perspectivas” com o diretor de Operações do Sebrae-MS, Tito Estanqueiro, à rádio CBN Campo Grande - emissora integrante do Grupo RCN de Comunicação, na capital do Estado - , nesta semana. Tito afirma que, neste momento, o Sebrae vai estabelecer ações para estar ainda mais próximo de quem precisa de apoio, informação e estratégias para manter e alavancar os negócios. Confira alguns trechos:


O Sebrae dá um apoio fundamental ao micro e pequenos empresários. Agora, com esta crise devido ao coronavírus como o Sebrae vê a situação e vai agir para que o ano termine bem?
TITO ESTANQUEIRO Primeiro, é importante que o cliente do Sebrae nos procure nas mídias sociais e via a distância para conseguir o atendimento. É preciso entender dois momentos, o da saúde, que a gente tem que mudar hábitos e comportamentos sociais, e do atendimento ao empresário. A crise ela pode servir como uma oportunidade ao empresário. O que antes acontecia de um jeito, vai passar a acontecer de outro, mudando o modelo de negócio. Alimentação fora do lar, por exemplo, pode ter um incremento no delivery. A gente já articula hoje com a Abrasel para que a gente dê um treinamento ao profissional que entrega a comida, para que ele siga os protocolos de segurança. Há procedimentos certos para dentro do negócio, para os clientes, e também para as reduções dos custos, em vista de uma possível baixa do movimento. Temos uma rede de consultores que vai orientar, mesmo a distância, para minimizar as perdas neste período.  

Qual a importância, na visão do Sebrae, das reformas que o Governo Federal está debatendo e realizando, seja tributária, administrativa. Qual importância delas para o desenvolvimento da economia brasileira?
Se não estivéssemos nesta pandemia, eu diria que estaria mais otimista. Entretanto, talvez esta seja mais uma oportunidade. O governo depois que fez a reforma da previdência, possa avançar naquela, que é para mim, a reforma mais importante, que é a tributária. A gente precisa simplificar isso. É fundamental para o desenvolvimento que estas reformas avancem no progresso. Talvez, com este cenário de Coronavírus, precisaremos de uma visão mais pragmática para atravessar esse período e avançar. É muito importante que nossas lideranças políticas tenham isso em mente e construam essa reforma. De qualquer maneira, a gente não pode parar, porque na economia nós temos o custo da oportunidade. Sempre na crise nós temos a oportunidade, a reinvenção vai depender da sua capacidade de repensar aquilo que você fazia antes e como vai passar a fazer a partir de agora. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13