Rádios On-line
PRAZO

Febre aftosa: vacinação será em maio

Acre, Espírito Santo e Paraná vão vacinar apenas animais de até 24 meses; em MS, imunização segue completa

14 ABR 2018 - 08h:01Por Éder Campos

Começa no dia 1º de maio, na maioria dos estados e no Distrito Federal, mais uma etapa de vacinação contra febre aftosa. Para garantir o status sanitário de livre com vacinação o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento está alertando aos produtores sobre a importância de continuar imunizando o rebanho conforme o calendário oficial de vacinação de cada estado. 

Atualmente são 218 milhões de bovídeos no país que ano passado, na segunda etapa, alcançou praticamente totalidade do plantel com índice de 98,34%. O Ceará foi o que menos cumpriu com a vacinação 73,74%. Aqui no Mato Grosso do Sul esse índice chegou a 99,11% dos animais imunizados, atualmente o número de reses no estado é de 21.475.862.

Nesta etapa do mês de Maio, todo rebanho de bovinos e búfalos, de todas as idades, deverá ser vacinado, com exceção nos Estados do Acre, Espírito Santo e Paraná, que serão apenas os animais de até 24 meses. Em novembro, a maioria dos estados vacinará os animais de até 24 meses. 

Santa Catarina é o único Estado é livre sem vacinação, desde 1991 não registra casos da doença que traz prejuízos pela perda de peso do animal por não se alimentar devido feridas na boca. A produção de leite também  sente os efeitos da aftosa que reduz a quantidade no balde.

ZONA LIVRE
O Brasil está livre da aftosa, mas continua sendo obrigatório vacinar os bovinos e bubalinos. Dia 24 de maio o presidente Michel Temer e o Ministro Blairo Maggi irão a Paris (França) receber da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal), o certificado de país livre da aftosa com vacinação. 
Para garantir a eficácia da vacina alguns procedimentos são fundamentais. A aplicação da vacina que deve continuar na região da tábua do pescoço, debaixo do couro do animal.

Cuidados
Comprar as vacinas somente em lojas registradas
- Verificar se as vacinas estão na temperatura correta: entre 2°C e 8°C
- Para transportá-las, usar uma caixa térmica, colocar três partes de gelo para uma de vacina e lacrar
- Manter a vacina no gelo até o momento da aplicação
- Escolher a hora mais fresca do dia e reunir o gado. Lembrar que só devem ser vacinados bovinos e búfalos
- Durante a vacinação, manter a seringa e as vacinas na caixa térmica e usar agulhas novas de preferência do tamanho 15mm por 18mm, limpas
- Lembrar que a higiene e a limpeza são fundamentais
- Agitar o frasco antes de usar e aplicar a dosagem certa em todos os animais: 5 ml
- Aplicar na tábua do pescoço, embaixo da pele, com calma
- Preencher a declaração de vacinação e entregá-la no serviço veterinário oficial do estado junto com a nota fiscal de compra das vacinas.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13