Rádios On-line
CULTURA

Festival de Inverno de Bonito completa 18 anos com novidades

Entre as novas atrações do Festival em 2017, estão as sessões itinerantes de cinema

28 JUN 2017 - 06h:30Por Redação

O Festival de Inverno de Bonito (FIB) vai comemorar 18 anos de história em grande estilo. A programação deste ano foi elaborada ouvindo a comunidade da cidade. De 27 a 30 de julho, o festival de arte e cultura mais tradicional do estado chega com 149 atrações artísticas, 32 oficinas e cursos, nove estandes e 17 horas diárias de programação gratuita.

O FIB vai expandir suas atividades além da praça da Liberdade. Em 2017, o festival chegará ao distrito Águas de Miranda, ao Assentamento Guaicuru e ao bairro Marambaia. Entre as novidades do Festival de Inverno de Bonito estão as sessões itinerantes de cinema em um confortável caminhão adaptado para receber o público infantil, jovem e adulto; uma mostra gastronômica em que será escolhido o melhor prato por votação popular; intervenções artísticas da Confraria Socioartista em pontos diferentes da cidade; uma escultura finalizada “ao vivo” pelo artista visual Adilson Schieffer para comemorar os 150 anos da Retirada da Laguna; o show “Canta Bonito” produzido especialmente com artistas da própria cidade; a presença inédita da música eletrônica na programação representada por Renato Tulux, agora com novo nome: Toulouse 84.

O Centro de Múltiplo Uso (CMU) é outra novidade e o novo endereço do FIB em Bonito nesta edição comemorativa. Das 9h às 17h, o local vai servir de ponto de encontro entre os estudantes bonitenses para participarem de oficinas, atividades culturais e espetáculos. Uma tenda de circo será palco para a apresentação de estudantes de escolas públicas bonitenses e outras instituições, como o Centro de Educação Infantil Laura Vicuña, Pestallozzi, Studio Kadoshi Dance e Instituto Família Legal.

Este novo espaço cultural do FIB, o CMU, terá múltiplas atividades e a presença de artistas como o poeta, escritor e ator Emmanuel Marinho, a banda Muchileiros, a cantora Juci Ibanez, os palhaços Anderson Lima, Pietro Lara e Pepa Quadrini & Junior de Oliveira, o mágico Tabajara, o grupo Arte e Riso Cia de Animação e Grupo Guavira com teatro de bonecos, a atriz Ramona Rodrigues com um varal de poesia com a obra de Manoel de Barros e o instrumentista Marcos Assunção com a sua viola pantaneira.

Confira a programação completa do festival.

Deixe seu Comentário