Rádios On-line
INCêNDIO

Fogo volta a castigar pantanal pela 2ª vez neste ano

Imagens de satélite mostram que as chamas avançam em ritmo acelerado

25 ABR 2020 - 08h:05Por Marcus Moura

O pantanal voltou a sofrer com o fogo, somente na cidade de Corumbá, que faz fronteira com a Bolívia, já são mais de 300 focos de incêndio no mês de abril. O número é o maior em dez anos. Imagens de satélite mostram que as chamas avançam em ritmo acelerado em direção a Bolívia e ao estado vizinho, Mato Grosso.

Esta é a segunda vez no ano que os bombeiros precisam agir para controlar os incêndios, porém desta vez a situação está tão crítica que duas aeronaves serão utilizadas no combate as chamas, segundo o Coronel do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, Joilson Alves.“Além das aeronaves, a força-tarefa criada pelo Governo do Estado mobilizou 37 bombeiros e brigadistas para a área, onde estima-se que pelo menos 100 mil hectares foram queimados desde o mês de março. O forte calor e o baixo índice de chuvas no Pantanal este ano, com previsão de uma seca intensa, foram fatores predominantes para a ocorrência de novos focos em um período atípico. As causas, no entanto, apontam para crime ambiental”, disse.

Os Air Tractor de Mato Grosso e do Distrito Federal contam com uma bolsa para despejar sob a linha do fogo 3.200 litros de água a cada viagem. A operação no Pantanal não tem data para conclusão. A existência de biomassa acumulada na região e a ação do homem são combustíveis para o fogo.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13