Rádios On-line
8162
Feira de Imóveis
SELVÍRIA

Frigorífico vai se transformar no maior produtor de peixes

Ministério da Agricultura autorizou as empresas Tilabras e GeneSeas instalar tanques -redes no rio Paraná para produção de tilápia

10 JUN 2017 - 07h:19Por Ana Cristina Santos

Dentro de três anos, Mato Grosso do Sul se tornará o Estado com maior produção de peixes do país. Isso em decorrência de um frigorífico de peixes que será instalado em Selvíria, a 70 quilômetros de Três Lagoas. O investimento de R$ 150 milhões prevê, não só a instalação do frigorífico de tilápias, mas também a criação de peixes em tanques-redes, que serão instalados no rio Paraná, nos municípios de Selvíria e Aparecida do Taboado, cidades localizadas na região Leste do Mato Grosso do Sul.

O Ministério da Agricultura autorizou nesta semana as empresas Tilabras e GeneSeas  instalar  tanques-redes no rio Paraná,  em Selvíria e Aparecida do Taboado. O termo de cessão por 20 anos de cinco áreas aquíferas no rio Paraná, com as empresas vencedoras da licitação, foi assinado nesta quinta-feira (8) pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi. 

A pedra fundamental do empreendimento deve ser lançada em 60 dias. De acordo com a senadora Simone Tebet (PMDB-MS), que participou da assinatura do documento, o empreendimento vai gerar mais de três mil empregos diretos, sendo 800 na primeira fase e o restante até a conclusão do projeto.
“Só para as pessoas terem noção da importância do empreendimento, dentro de três anos, Mato Grosso do Sul passará a ser o primeiro Estado em produção de peixe de água doce do Brasil. Atualmente, o Estado está em 9º lugar no ranking nacional”, destacou a senadora, em entrevista ao RCN Notícias da Rádio Cultura FM (106,5MHz), nesta sexta-feira (9).

Ainda de acordo com a senadora, esse empreendimento será muito importante para a região, beneficiando não apenas Aparecida do Taboado e Selvíria, mas também Três Lagoas, Paranaíba, Inocência e Brasilândia. Selvíria tem cerca de sete mil habitantes, consequentemente, segundo a senadora, Selvíria não terá trabalhadores o suficiente para atender a demanda desses investimentos. Por isso, os demais municípios vizinhos serão beneficiados. O escritório das empresas, por uma questão logística, de acordo com Simone, será instalado em Três Lagoas.

“Vamos colocar a região do Bolsão no mapa mundial da produção de peixe de água doce”, comemorou a senadora, ressaltando que, esse empreendimento é tão importante quanto foram às fábricas de celulose instaladas em Três Lagoas.   

A produção de peixes na região contribuirá para ampliar os números da exportação brasileira.  “Esse não é um projeto apenas para o Estado do Mato Grosso do Sul, mas um projeto para o Brasil”, disse o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, durante assinatura do documento.

Ele acredita que o país tem um potencial muito grande para explorar em relação à piscicultura e que a cessão de áreas representa apenas um passo do que tem que ser feito para que o Brasil aumente a participação junto ao mercado mundial de pescados.

Sonho de Ramez
Durante a solenidade de assinatura do contrato, Simone lembrou que o ex-senador Ramez Tebet, enquanto esteve a frete do Ministério da Integração, sonhava em demonstrar que o País poderia crescer a partir do interior. “Ele queria fazer de Selvíria uma cidade polo de desenvolvimento. Tenho muita alegria de saber que, em poucos anos, Selvíria e Aparecida do Taboado se tornarão grandes polos na produção de tilápia, concretizando o sonho do meu pai”, disse a senadora.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6529