Rádios On-line
8938
TVC
NA PÁSCOA

Gastos com presentes e comemorações devem injetar R$ 114 milhões em MS

Os valores consideram compra de presentes, como ovos de chocolate e bombons, viagens, gastos com alimentação, bebidas e outros

6 MAR 2018 - 17h:00Por Redação

As comemorações no período da Páscoa, que envolvem compra de chocolates e almoço de confraternização, devem movimentar mais de R$ 114 milhões na economia de Mato Grosso do Sul este ano, segundo aponta a pesquisa sazonal de intenção de compras e comemoração desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS) e Sebrae MS. Os valores consideram compra de presentes, como ovos de chocolate e bombons, viagens, gastos com alimentação, bebidas e outros relacionados à comemoração do período.

Desse total, 53,71% serão destinados a compra de ovos de páscoa e similares (R$61,54 milhões) e 46,29% às comemorações (R$ 53,04 milhões). A pesquisa foi realizada em 13 municípios do Estado. Foram ouvidas 2.160 pessoas entre os dias 15 e 27 de fevereiro, considerando um nível de confiança de 95% e margem de erro que variam entre 5% e 9%. Considerando somente os 13 municípios pesquisados, o montante será de R$ 67,28 milhões em gastos no período. Predomina a pretensão de gastos no valor médio de R$ 26,00 a R$ 50,00 com chocolates e de R$ 76,00 a R$ 100,00 com comemoração.

Este ano a pesquisa teve uma alteração na metodologia, como explica a economista do IPF-MS, Daniela Teixeira. "Passamos a considerar a estimativa da população em 2016, porque até então era utilizada uma mais antiga, do ano de 2010, e passamos a considerar também as ponderações de gastos. Por exemplo, as pessoas vão gastar até R$ 50,00 ou as pessoas vão gastar de R$ 100,00 a R$ 150,00, a gente fez a participação das pessoas em cada uma dessas faixas da população total, com uma média ponderada. No ano passado, na pesquisa de Páscoa, não havia essa ponderação. A gente considerava o gasto médio total, fazíamos uma média aritmética simples. Hoje, temos essa participação de cada um dos gastos, com percentual de pessoas que vão às compras e ponderação dos gastos médios. Tudo isso para evitar dupla contagem", explica.

Este ano, o gasto médio do consumidor em comparação ao ano passado será 8,98% maior, passando de R$ 78,54 para R$ 85,60. Esses valores serão gastos com ovos de páscoa (61,38%) e caixas de bombons (22,70), principalmente. Os filhos serão os principais presenteados (32,07%). As compras ocorrerão em supermercados (50,38%), na sua maioria, com pagamento em dinheiro (81,58%).

"Um fator importante para o empresário é que 75,14% dos entrevistados farão pesquisa de preço e levarão em consideração, além do preço (34,11%), o produto (37,36%) e a divulgação (14,91%) no momento da tomada de decisão. Isso demonstra que aquele que divulgar seus produtos e conseguir oferecer um preço razoável, vai atrair a atenção do consumidor", afirma o presidente do IPF-MS, Edison Araújo. Outro fator é que mais de 60% da população deve deixar para comprar artigos de chocolate na semana da Páscoa.

(Informações da assessoria)

Deixe seu Comentário

JORNAL DO POVO MOBILE

TVC Canal 13

JORNAL DO POVO
TVC
JORNAL DO POVO