Rádios On-line
7919
Prefeitura IDEB 15 a 3009
NA PÁSCOA

Gastos com presentes e comemorações devem injetar R$ 114 milhões em MS

Os valores consideram compra de presentes, como ovos de chocolate e bombons, viagens, gastos com alimentação, bebidas e outros

6 MAR 2018 - 17h:00Por Redação

As comemorações no período da Páscoa, que envolvem compra de chocolates e almoço de confraternização, devem movimentar mais de R$ 114 milhões na economia de Mato Grosso do Sul este ano, segundo aponta a pesquisa sazonal de intenção de compras e comemoração desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS) e Sebrae MS. Os valores consideram compra de presentes, como ovos de chocolate e bombons, viagens, gastos com alimentação, bebidas e outros relacionados à comemoração do período.

Desse total, 53,71% serão destinados a compra de ovos de páscoa e similares (R$61,54 milhões) e 46,29% às comemorações (R$ 53,04 milhões). A pesquisa foi realizada em 13 municípios do Estado. Foram ouvidas 2.160 pessoas entre os dias 15 e 27 de fevereiro, considerando um nível de confiança de 95% e margem de erro que variam entre 5% e 9%. Considerando somente os 13 municípios pesquisados, o montante será de R$ 67,28 milhões em gastos no período. Predomina a pretensão de gastos no valor médio de R$ 26,00 a R$ 50,00 com chocolates e de R$ 76,00 a R$ 100,00 com comemoração.

Este ano a pesquisa teve uma alteração na metodologia, como explica a economista do IPF-MS, Daniela Teixeira. "Passamos a considerar a estimativa da população em 2016, porque até então era utilizada uma mais antiga, do ano de 2010, e passamos a considerar também as ponderações de gastos. Por exemplo, as pessoas vão gastar até R$ 50,00 ou as pessoas vão gastar de R$ 100,00 a R$ 150,00, a gente fez a participação das pessoas em cada uma dessas faixas da população total, com uma média ponderada. No ano passado, na pesquisa de Páscoa, não havia essa ponderação. A gente considerava o gasto médio total, fazíamos uma média aritmética simples. Hoje, temos essa participação de cada um dos gastos, com percentual de pessoas que vão às compras e ponderação dos gastos médios. Tudo isso para evitar dupla contagem", explica.

Este ano, o gasto médio do consumidor em comparação ao ano passado será 8,98% maior, passando de R$ 78,54 para R$ 85,60. Esses valores serão gastos com ovos de páscoa (61,38%) e caixas de bombons (22,70), principalmente. Os filhos serão os principais presenteados (32,07%). As compras ocorrerão em supermercados (50,38%), na sua maioria, com pagamento em dinheiro (81,58%).

"Um fator importante para o empresário é que 75,14% dos entrevistados farão pesquisa de preço e levarão em consideração, além do preço (34,11%), o produto (37,36%) e a divulgação (14,91%) no momento da tomada de decisão. Isso demonstra que aquele que divulgar seus produtos e conseguir oferecer um preço razoável, vai atrair a atenção do consumidor", afirma o presidente do IPF-MS, Edison Araújo. Outro fator é que mais de 60% da população deve deixar para comprar artigos de chocolate na semana da Páscoa.

(Informações da assessoria)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
BAND
7300