Rádios On-line
8937
TVC
ECONOMIA

Indústria de MS volta a registrar saldo positivo na geração de empregos

Primeiro mês do ano registrou saldo positivo de 498 postos de trabalho no estado

12 MAR 2018 - 14h:19Por Redação

O setor industrial de Mato Grosso do Sul, que é composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, voltou a registrar, em janeiro deste ano, saldo positivo na geração de empregos, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems. No primeiro mês do ano, foram efetuadas 4.378 contratações e 3.880 demissões, resultando em um saldo de 498 postos de trabalho.

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, o saldo positivo do ano no setor industrial pode ser creditado aos segmentos da construção (+152), de alimentos e bebidas (+133), química (+70), mecânica (+62), têxtil, confecção e vestuário (+55) e metalúrgica (+36). “Além disso, nos últimos 12 meses, os maiores saldos foram registrados pelos segmentos de alimentos e bebidas (+688), de papel, papelão, editorial e gráfica (+236), da borracha, couros, peles e similares (+213) e de madeira e do mobiliário (+86)”, detalhou.

Ele explica que, com esse saldo positivo, o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou o mês de janeiro de 2018 com 120.504 trabalhadores empregados, indicando aumento de 0,41% em relação a dezembro de 2017, quando o contingente ficou em 120.006 funcionários. “Atualmente, a atividade industrial responde por 19,1% de todo o emprego formal existente no Estado, ficando atrás dos setores de serviços, que emprega 190.608 trabalhadores e tem participação equivalente a 30,2%, de comércio, com 125.569 empregados e 19,9%, e de administração pública, com 122.468 empregados ou 19,4%”, informou.

#mulherprotegida

Deixe seu Comentário

JORNAL DO POVO MOBILE

TVC Canal 13

JORNAL DO POVO