Rádios On-line
8030
QUÍMICA

ISI Biomassa é apresentado em Congresso Mundial

Com investimentos da ordem de R$ 26,4 milhões, o ISI Biomassa será oficialmente inaugurado em agosto

12 JUL 2017 - 10h:53Por Redação

Pesquisadores do ISI Biomassa (Instituto Senai de Inovação em Biomassa), localizado em Três Lagoas, estão aproveitando a participação no Congresso Mundial de Química IUPAC 2017, realizado de 9 a 14 de julho no WTC Sheraton, em São Paulo (SP), para apresentar a estrutura e serviços do laboratório à comunidade química de todo mundo que está reunida no evento promovido simultaneamente com a 40ª Reunião Anual da SBQ (Sociedade Brasileira de Química).

O gerente de tecnologia e inovação do Senai de Mato Grosso do Sul, Leandro Schneider, conta que dez pesquisadores circulam pelo congresso e, após demonstrar o portfólio de serviços do ISI Biomassa, empresários já demonstraram interesse em aprofundar a aproximação. “Já temos algumas visitas agendadas para o período da tarde para conversar com esses empresários e aprofundar o desenvolvimento de projetos”, afirmou.

Capacidade tecnológica

Para o gerente da área de inovação do Senai, o IUPAC representa uma oportunidade para que empresários do mundo todo conheçam a capacidade tecnológica do ISI Biomassa. “Nosso objetivo é posicionar o ISI Biomassa como provedor de alta tecnologia e torná-lo reconhecidamente o principal player brasileiro de inovação”, detalhou.

Na abertura do Congresso, o presidente da Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química), Bernardo Gradin, declarou perante todo o público do evento a importância do Senai para o desenvolvimento do setor químico do País. “Sobre os Institutos Senai de Inovação, como o de Biomassa, em Mato Grosso do Sul, e os de Química Verde e de Biotecnologia, ambos no Rio de Janeiro, temos a mais absoluta certeza de que veremos muitas coisas positivas em termos de soluções e tecnologia para o desenvolvimento do Brasil”, afirmou.

ISI Biomassa

Com investimentos da ordem de R$ 26,4 milhões, o ISI Biomassa será oficialmente inaugurado em agosto, mas já está em pleno funcionamento, com a realização de análises para caracterização físico-química de diversos tipos biomassa e laboratórios da área química, microbiológica, biologia molecular, tratamento e preparo de matérias-primas e unidades de planta piloto para escalonamento de processos.

O diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, explica que a unidade permitirá a atualização e a qualificação dos pesquisadores para gerar conhecimento e desenvolver tecnologias inovadoras que atendam às necessidades atuais e futuras da indústria. “Com atuação transversal no campo da biomassa, o Instituto pretende atender a todos os setores da indústria e às demandas específicas de cada região do País em áreas como energias renováveis, cosméticos, fármacos e fármacos veterinários, alimentos para animais com combinação de biomassa para rações, química fina e resíduos industriais”, detalha.

(Informações da assessoria)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6651