Rádios On-line
ELEIÇÕES 2018

Militares do Exército atuam no recadastramento biométrico

Três Lagoas será um dos municípios a contar com urnas biométricas nas eleições de 2018

9 MAI 2017 - 16h:45Por Ana Cristina Santos

Cinco militares de Três Lagoas estão recebendo treinamento para atuar no auxílio ao recadastramento biométrico. O treinamento teve início nesta segunda-feira (8). A identificação biométrica, em Três Lagoas, vai atingir 75,6 mil eleitores.

Ao todo, 41 militares recebem capacitação no Estado. Em campo Grande, são 20 militares; 6 em Corumbá; 6 em Dourados; 5 em Três Lagoas e 4 em Ponta Porã. O treinamento consiste nos militares receberem orientações acerca do atendimento e da coleta de dados biométricos do eleitor.

Os militares vão atuar ainda nas revisões de eleitorado previstas para acontecerem no segundo semestre deste ano, bem como no fechamento de cadastro, nos meses de abril e maio de 2018. No entanto, segundo o Cartório de Três Lagoas, os eleitores que quiserem se antecipar, já podem fazer  o recadastramento.

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS) assinou um convênio com o Comando do Exército (CMO) para que os militares ajudassem nesse recadastramento biométrico.

O recadastramento biométrico é um procedimento necessário para que a população vote na nova geração de urnas. As urnas biométricas reconhecem o eleitor através de sua impressão digital, facilitando sua identificação e diminuindo o tempo gasto no dia da votação.

Deixe seu Comentário