Rádios On-line
8502
Prefeitura PROREME 10 a 3011
ASFALTO

Obras que ligam Santa Rita a Bataguassu são orçadas em R$ 43,5 milhões

Trecho de 60 km recebe melhorias e beneficia diretamente a população com a criação de um corredor de acesso a Campo Grande

12 SET 2017 - 14h:30Por Redação

 As obras da rodovia estadual MS-338, que liga Santa Rita do Pardo ao município de Bataguassu seguem a todo vapor. O asfalto da região foi construído há 15 anos, em um pacote de rodovias executado pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp), em contrapartida à construção da Usina de Porto Primavera. Em todo esse tempo, essa é a primeira vez que o asfalto é recuperado com recursos avaliados em R$ 43,5 milhões. A restauração vai abranger um trecho de 60 quilômetros onde existe intenso tráfego de caminhões e veículos de passeio.

Até agora as obras atingiram 12 quilômetros. O presidente da Associação dos Municípios de MS (Assomasul) e prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina, informou que o trecho executado ainda vai receber uma camada de concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), que é um dos tipos de revestimentos asfálticos mais utilizados nas vias urbanas e rodovias brasileiras.

“Essa rodovia foi construída por meio de uma compensação ambiental da Cesp e tem no mínimo 15 anos. Antes ligava Bataguassu a Santa Rita, somente. Mas com a inauguração da MS-040 passou a integrar os municípios da região leste a Campo Grande. Com isso se tornou uma rodovia importantíssima de escoamento de produção, com intenso movimento de caminhões de eucalipto da celulose e, principalmente, da nossa população, que corta caminho e passou a registrar um volume intenso de veículos. Sem a devida manutenção, a melhoria do fluxo acabou danificando demais a via. Então, esse recapeamento é importantíssimo tanto economicamente quanto para nós que moramos aqui, devido ao encurtamento de distâncias”, afirma Caravina.

A rodovia MS- 040 foi inaugurada em dezembro de 2014 e resolveu um antigo problema da população. Isso porque no local existia uma estrada estreita, de difícil trajeto, praticamente inviável para o deslocamento de veículos pequenos. Com o asfaltamento, a nova via se tornou uma ligação direta da região leste até Campo Grande, o que facilitou a vida daqueles que antes precisavam dar a volta via Bataguassu, percorrendo um trecho mais longo e de muito tráfego pelas BRs 267 e 163.

(Informações da Subcom)

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864