Rádios On-line
DESMATAMENTO

Operação Cervo-do-Pantanal autua o décimo fazendeiro em Jardim

Ação tem o objetivo de combate o desmatamento ilegal na bacia do rio Paraguai

29 JAN 2018 - 16h:00Por Redação

Mais um desmatamento ilegal foi encontrado, nesta sexta-feira (26), pela Polícia Militar Ambiental (PMA) de Jardim, já é o décimo infrator autuado na região. Em fiscalização realizada no município de Jardim foi encontrada uma fazenda com 2,11 hectares de vegetação nativa do bioma cerrado desmatada ilegalmente.

Um pecuarista de 44 anos desmatou a vegetação sem autorização ambiental. A madeira produto do desmatamento da floresta não se encontrava no local e havia agricultura no lugar da vegetação. As atividades foram interditadas.

O infrator, residente em Maracaju, recebeu multa de R$ 633,00. Ele responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção, e também foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

A operação denominada Cervo-do-Pantanal visa combater o desmatamento ilegal na Bacia do rio Paraguai. A PMA recebeu 594 vistorias de possíveis desmatamentos ilegais levantados por imagem de satélites na bacia do rio Paraguai pelo Núcleo de Geoprocessamento (NUGEO) do Ministério Público Estadual (MPE). O pelotão de Jardim iniciou as vistorias desde o início do ano e, em nove locais vistoriados, em todos foram confirmados os desmatamentos ilegais.

Durante a operação, a PMA também efetuaram autuações em Sonora, Bandeirantes, Bonito, Guia Lopes da Laguna, Nioaque, Bandeirantes, Jaraguari, Campo Grande, São Gabriel do Oeste e Miranda. (Com informações da PMA)

Deixe seu Comentário