Rádios On-line
RESGATE

PMA captura 1742 animais silvestres nos centros urbanos em 2017

Os animais depois de resgatados são encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres em Campo Grande

6 FEV 2018 - 16h:00Por Redação

A Polícia Militar Ambiental (PMA) realiza captura de animais silvestres há 31 anos no Estado e somente no ano passado capturou 1.742 animais nos perímetros urbanos. Um aumento de 25% com relação ao ano de 2016. Isso dá uma média de cinco animais por dia.

No mês de janeiro deste ano já foram capturados 203 animais. Os principais animais capturados são aves.

Os animais depois de resgatados são encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) em Campo Grande. Alguns, capturados no interior do Mato Grosso do Sul, são soltos nas redondezas depois de laudos veterinários e de biólogos.

Na Capital, a média em 2016 e 2017 foi de 2,25 animais, sendo respectivamente 823 e 824 animais capturados e encaminhados ao CRAS. No mês de janeiro deste ano (2018) já foram capturados 88 animais, o que dá em média 2,83 animais.

Campo Grande possui grandes reservas florestais além dos Parques Lineares de córregos e áreas verdes municipais, favorece à fauna e, essa convivência entre a fauna e a população gera alguns conflitos.

Além de tudo isso, o desmatamento legal, ou ilegal, que acontecem nas circunvizinhanças das cidades, diminui o habitat e alimento da fauna silvestre, que cada vez mais, precisa percorrer maiores distâncias na migração em busca de alimentos e acabam adentrando os perímetros urbanos.

A PMA tem prevenido e combatido também o tráfico de animais no Estado. O período mais preocupante para a PMA com relação ao tráfico de animais silvestres concentra-se entre o mês de agosto a dezembro, que é o período de reprodução do papagaio, a qual é a espécie mais traficada no Estado. (Com informações da PMA)

 

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos