Rádios On-line
11336
EDUCAÇÃO

Pós-Graduação em Recursos Naturais da UEMS completa dez anos

PGRN teve seu projeto aprovado na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em 2009 para oferta do curso de mestrado

23 ABR 2019 - 15h:00Por Redação

A Pós-Graduação em Recursos Naturais (PGRN) da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) comemora, em 2019, dez anos com 121 mestres e 22 doutores titulados, além mais de 200 artigos científicos publicados em importantes periódicos científicos.

O PGRN teve seu projeto aprovado na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em 2009 para oferta do curso de mestrado. Então em 2019 completa-se 10 anos de início das atividades do Programa, sendo que a primeira turma ingressou em 2010.

Com apenas dois anos de funcionamento, a Capes autorizou a oferta do curso de Doutorado, com a primeira turma iniciando em 2013. Desde então, pesquisas e ações estão sendo desenvolvidas, visando aprimorar o conhecimento da grande diversidade biológica representada pela fauna e flora presentes em ecossistemas importantes como o Pantanal e o Cerrado.

Além de estudos com desenvolvimento de novos materiais e metodologias de análise, destacamos pesquisas realizadas em relação às questões ambientais em diferentes rios de Mato Grosso do Sul enfocando amostras de peixes, água e sedimento em relação a pesticidas e metais, pesquisas para o desenvolvimento da Agricultura e Aquicultura com ênfase na piscicultura, buscando o desenvolvimento de rações e anestésicos.

Outra linha muito importante está relacionada à busca de substâncias ou extratos bioativos para o tratamento de diferentes enfermidades, e muitas destas pesquisas estão centradas em plantas como a guavira, símbolo do MS.

“Mesmo com pouco tempo de Doutorado, a tese de uma das egressas da primeira turma foi premiada com a menção honrosa no Prêmio CAPES de Tese (Edição 2018) na área de Ciências Ambientais. Pode-se concluir que o PGRN vem cumprindo o seu papel de formador de recursos humanos e de conhecimento científico de alto nível”, destacou a Coordenadora, Claudia Andrea Lima Cardoso.

Saiba mais sobre o PGRN.
 

(Informações Notícias MS)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13