Rádios On-line
8991
MEIO AMBIENTE

Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental na Capital

Trabalhos ocorreram até dia 20 de setembro para cerca de mil alunos

18 SET 2019 - 12h:00Por Danielle Leduc

A Polícia Militar Ambiental iniciou nesta terça-feira (17), através do Projeto Florestinha, trabalhos de Educação Ambiental para cinco escolas públicas e privadas de Campo Grande.

Os trabalhos, que ocorreram até dia 20 de setembro, tem previsão de atender cerca de mil alunos.

A metodologia da Educação Ambiental realizada pelo projeto é executada em forma de oficinas didáticas, com as seguintes temáticas:

1. Reciclagem de papel, com palestra sobre os problemas relacionados aos resíduos sólidos.

2. Visitação ao museu de animais e peixes taxidermizados e materiais utilizados em crimes ambientais (empalhados), com palestra sobre fauna, pesca, atropelamentos de animais silvestres, etc.

3. Apresentação do teatro de fantoches, com peças sobre as questões ambientais, como: desmatamentos, incêndios florestais e resíduos sólidos, etc.

4.  Ciclo da Água, com palestras sobre o ciclo, uso sustentável, poluição e escassez dos recursos hídricos.

5.  Casa da Energia - Trata-se de uma maquete de uma residência com todos os locais de consumo de energia (lâmpadas, chuveiros, ar condicionado, geladeira, micro-ondas etc.). Com esta oficina é realizada a discussão e informação sobre os tipos de energia e a importância ambiental de se economizar este recurso.

6. Plantio de mudas nativas, com palestra sobre flora (desmatamento, erosão de solos, controle de poluição, assoreamento), preservação, conservação e uso racional dos recursos hídricos.

7. Oficina sobre conservação do solo, com palestra sobre solos e a importância da cobertura vegetal na proteção dos solos.

Ao final dos trabalhos serão entregues aos professores com os temas discutidos nas oficinas, para que continuem o trabalho, por meio da Educação Ambiental formal. A ideia é que os alunos entendam que o ambiente é um sistema complexo e interativo, em que qualquer ente afetado, prejudica outros em cadeira, gerando desequilíbrios que vão interferir diretamente na qualidade de vida do ser humano.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13