Rádios On-line
POLÍTICA

Puccinelli promete 'verdades' sobre Aquário e fala em incompetência

Para o ex-governador, Azambuja já deveria ter finalizado o projeto

3 MAI 2017 - 12h:00Por Redação/Midiamax

Disposto à dar início aos debates políticos envolvendo as questão ligadas ao seu governo e de seu sucessor, Reinaldo Azambuja, PSDB, André Puccinelli, PMDB, começou a falar. Hoje ele prometeu uma ‘manchete’ com o título ‘A Verdade sobre o Aquário do Pantanal’, talvez a obra mais emblemática de seu governo e que ainda não tem sequer prazo para conclusão. O ex-governador considera que vem faltando capacidade para Azambuja concluir essa obra que, segundo ele, já deveria estar promovendo o MS positivamente. André Puccinelli falou hoje à equipe do Midiamax em Campo grande, site parceiro do JPNEWS.

“Deixei dinheiro, se tivessem dado continuidade com competência já teriam terminado”, disparou André sobre seu sucessor, o atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Segundo Puccinelli, os contratos deixados por sua gestão previam a conclusão com os valores que o Estado já teria em caixa, considerando, segundo ele, a alteração do custo inicial de R$ 84 milhões para R$ 176 milhões (valor estimado para conclusão em 2014, de acordo com o peemedebista).

“Do jeito que deixei já era para ter terminado. Devo representar perigo muito grande pelo tanto que falam de mim”, alfinetou.

Como a obra já não aceita mais aditivos, por questões legais, o governo de Azambuja aguarda uma definição da Justiça Estadual com uma previsão legal que permita aporte de mais recursos para conclusão das obras, que segundo Reinaldo terá um custo final aos cofres públicos de mais de R$ 200 milhões.

No último mês de março, o tucano revelou o interesse do Grupo Cataratas, que vai gerenciar o empreendimento, de assumir a responsabilidade de concluir o Aquário do Pantanal. Mas, a proposta da parceira público-privada ainda não havia sido feita ao governo.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13