Rádios On-line
DEGRADAÇÃO

Fazendeira de 37 anos é multada em R$ 145 mil por crime ambiental

Policiais identificaram degradação de mata ciliar para formação de pastagem

13 JUN 2016 - 07h:46Por Valdecir Cremon

Policiais Militares Ambientais de Mundo Novo encontraram diversas degradações em uma uma área de proteção de mata e de um rio, durante vistoria em propriedades rurais de Iguatemi, na região Sul de Mato Grosso do Sul. A área pertence a uma fazendeira de 37 anos.

Entre as áreas afetadas uma é de preservação permanente (APP). 

Os policiais verificaram que a pastagem foi plantada na área de matas ciliares de um córrego, que não havia cerca protegendo a margem do córrego e que o local, devido ao gado ter acesso ao curso d’água, estava totalmente degradado.

Além disso, a falta de conservação do solo na área de pastagem fez com que surgissem diversas erosões, causando assoreamento do córrego.

A extensão da área protegida de preservação permanente e de erosões mede 29 hectares, segundo medição feita por GPS.

As atividades foram paralisadas A fazendeira - que não teve o nome divulgado - foi multada em R$ 145 mil e responderá a inquérito por crime ambiental, com previsão de pena de um a três anos de detenção. (Com informações da PMA)

Deixe seu Comentário