Rádios On-line
CRIME AMBIENTAL

Pousada é interditada após turista maltratar sucuri

Vídeo circular nas redes sociais e ganhou repercussão

20 SET 2017 - 09h:00Por Redação

O vídeo de um turista manipulando uma cobra sucuri ganhou repercussão nas redes sociais e resultou na interdição de uma pousada, localizada na região de Corumbá, onde o fato ocorreu. A Polícia Militar Ambiental (PMA) multou o proprietário no valor de R$ 2 mil por não possuir licença ambiental e autuou o turista em R$ 500.

As imagens mostram um homem em atividade de apanha de espécime da fauna silvestre. No vídeo, o infrator manipula uma serpente sucuri sem a devida permissão, licença ou autorização do órgão ambiental competente, o que é crime, segundo a PMA.

Após verificação, os policiais foram até a pousada, que fica no Distrito de Albuquerque (Baía dos Periquitos) e o proprietário informou que o grupo realmente gravou o vídeo no local e que o autor residia em Divinópolis (MG). O turista também responderá por crime ambiental. A pena é de seis meses a um ano de detenção.

A pousada não possuía licenciamento ambiental e o proprietário também foi autuado administrativamente por funcionar estabelecimento potencialmente poluidor sem a devida licença do órgão ambiental competente. As atividades da pousada foram interditadas, até possível regularização.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13