Rádios On-line
'ÁREAS MAIS VERDES'

Praças dos bairros Guanabara e Santa Luzia serão revitalizadas

Projeto da prefeitura "Áreas Mais Verdes" pretende restaurar áreas públicas

7 ABR 2017 - 14h:08Por Redação

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA) de Três Lagoas, realiza às 8h deste sábado (8), nas praças dos bairros Guanabara e Santa Luzia, a terceira ação do Projeto “Áreas Mais Verdes”. A ação consiste em revitalizar áreas verdes públicas como praças, canteiros centrais, jardins e outros espaços públicos por meio de arborização e paisagismo, promovendo a conscientização ambiental.

A praça do Guanabara fica no final da rua Yamaguti Kankit e, a praça do Santa Luzia, na Rua Angelina Tebet. Nesta etapa, a Semea contará com o apoio direto da Igreja Santa Luzia, que além de colaborar no plantio e paisagismo da praça, que fica em frente ao templo, doará mudas de plantas para o projeto.
 
“Visamos revitalizar as áreas verdes e promover melhorias no paisagismo com inserção de diferentes espécies vegetais nas praças, jardins, e outros logradouros públicos, priorizando a utilização de espécies do bioma Cerrado. Realizamos a primeira ação na Praça do Jardim Alvorada e foi um sucesso, por isso estamos dando continuidade nessa iniciativa”, explicou o secretário de Meio Ambiente, Celso Yamaguti.
 
Já o fiscal ambiental e coordenador geral do projeto, Flávio Henrique Fardin, explicou que a primeira ação contou com a ajuda de 44 voluntários, sendo que 51 novas espécies de plantas foram inseridas na praça, entre espécies de forração, flores, arbustos, orquídeas e árvores.
 
“Foram plantadas 19 mudas de árvores, incluindo o ipê roxo, jacarandá mimoso, ipê branco, dentre outras, todas proveniente de doação. Conseguimos, ainda, 70 mudas de plantas ornamentais, além de 10 espécies de orquídeas”, ressaltou.
 
Conforme  projeto elaborado pela secretaria, poderão fazer parte da ação a sociedade civil, empresas, instituições de ensino, órgãos públicos, associação de moradores e demais órgãos que tiverem interesse por arborização e paisagismo. (Informações da assessoria)

 

Deixe seu Comentário