Rádios On-line
LUTO

Morre juiz conservador Antonin Scalia, membro da Suprema Corte dos EUA

A morte de Scalia em um ano eleitoral constitui mais um problema na luta entre candidatos para assumir um lugar na Corte

14 FEV 2016 - 09h:16Por Redação

O juiz Antonin Scalia, da Suprema Corte dos Estados Unidos, morreu neste sábado, 13, aos 79 anos. De viés conservador, Salia era uma das personalidades mais importantes do mundo do direito norte-americano.

Em um comunicado, divulgado pelo site da Suprema Corte, o juiz John Roberts disse que ele e outros ministros ficaram “tristes” ao saber da morte de Scalia.

"Ele era uma pessoa extraordinária e jurista admirado e estimado por seus colegas", disse Roberts. "Sua morte é uma grande perda para o tribunal e para o país que ele tão fielmente serviu”.

Nomeado para a corte em 1986, pelo presidente Ronald Reagan, Scalia rapidamente se tornou um dos conservadores mais francos do tribunal, servindo como um adversário firme dos direitos dos homossexuais e do direito ao aborto. "O aborto e a conduta homossexual. Ninguém jamais pensou que esses tópicos deveriam estar contidos em uma declaração de direitos [humanos]”, disse ele ao ser questionado sobre esses temas.

A morte de Scalia em um ano eleitoral constitui mais um problema na luta entre candidatos para assumir um lugar na Corte. A nomeação de um novo juiz é tarefa ainda mais complicada no atual contexto político norte-americano, em que um presidente democrata é constantemente desafiado por um Senado dominado por republicanos.

(Agência Brasil)

Deixe seu Comentário