Perigo

Comerciantes reclamam da falta de segurança na rodoviária de Três Lagoas

Terminal passou a ser abrigo de usuários de drogas e moradores de rua

17/01/2018 10:00


O terminal rodoviário de Três Lagoas passou a ser abrigo de usuários de drogas e moradores de rua. O grande problema, segundo comerciantes da região, é que desocupados furtam pessoas e arrombam estabelecimentos na região.

“Essas pessoas estão praticamente vivendo na rodoviária. Não são pedintes 'normais'. Causam transtornos, abordam as pessoas e exigem o que estão dentro de bolsas, sacolas”, relatou o empresário Pedro Luís Tavares.

Segundo ele, os comerciantes trabalham para manter os estabelecimentos em boas condições para atender seus clientes. “Quem vem visitar Três Lagoas já se depara com essa situação, com essas pessoas pedindo. É um transtorno. A gente pede que as autoridades possam fazer o rastreamento dessas pessoas, que querem viver nessa situação. Aqui tem um consumo de droga muito grande dentro da praça da rodoviária.”, disse o comerciante.

Pedro teve o estabelecimento arrombado na semana passada. “É o mesmo cara que está arrombando as lojas aqui. Prendem e soltam. Quando as pessoas o avistam, nem estacionam aqui”, acrescentou o comerciante.

OUTRO LADO

A tenente da Polícia Militar, Ana Karla Oliveira Veiga, disse que diariamente existem rondas na região da rodoviária, mas não é possível manter um policial fixo no local, por falta de efetivo.

Destacou ainda que existe uma questão social, já que muitos dos que ficam no local são usuários de drogas.


Ana Cristina Santos