Meio ambiente

Por mais beleza, Lagoa Maior ganha jardim aquático

Espécies de flores e árvores naturais de lagos e rios estão sendo plantadas no espaço

02/02/2018 17:00


Um dos principais pontos turísticos de Três Lagoas, a Lagoa Maior, vai ganhar, nos próximos dias, um jardim  de plantas aquáticas. A novidade foi anunciada nesta sexta-feira (2) pela assessoria de imprensa da Secretaria do Meio Ambiente e Agronegócio por meio de nota.

O projeto ambiental vai aprimorar a paisagem natural da Lagoa Maior, que é considerada como um dos cartões postais mais visitados na cidade. Segundo a pasta, o jardim será implantado, em um espaço específico sobre as águas da lagoa.

A proposta é que se torne um ambiente de contemplação, com plantas e árvores naturais de lagos e rios. Além de ampliar o sistema ecológico da terceira lagoa da cidade, trazendo variedades para compor a beleza do local. Ao todo, a área do jardim aquático será de mil metros quadrados.

As primeiras mudas de flores e árvores naturais, como as de embaúba e buriti, foram plantadas na manhã de hoje. Já na água, estão sendo colocadas várias espécies como ninfeias (nas cores amarela, branca, rosa e roxa), papiros, aguapé, Lírio de São José, taboa e, estuda-se a possibilidade de trazer vitórias-régias.

De acordo com a secretaria, o espaço foi cercado e recebeu a proteção de tela de arame. “Tomamos essa medida por causa das capivaras que poderiam invadir e estragar as plantas. Tivemos sugestões por parte dos frequentadores da Lagoa que, antes mesmo da inauguração, já gostaram da novidade”, comentou Celso Yamaguti, secretário da pasta.

O lançamento oficial do jardim aquático ainda não está definido. Conforme o secretário, assim que todas as mudas chegarem e forem plantadas, será possível prever a data. “Como é um jardim, o mais provável é que inauguremos quando estiver florindo, o que não demora muito por serem aquáticas”, conclui Yamaguti. 


Tatiane Simon