Santo André

Idoso com depressão se esfaqueia na frente da esposa em Três Lagoas

Homem enfrentava problemas com depressão e polícia apura caso como suicídio

08/05/2018 11:30


A 1ª Delegacia da Polícia Civil de Três Lagoas investiga a morte de um idoso, de 66 anos, no bairro Santo André, na manhã desta terça-feira (8). Ele teria se esfaqueado na frente da esposa minutos antes do casal sair para ir até uma agência bancária pagar uma conta. O homem foi encontrado por ela, na cozinha, e perfurando o abdômen com uma faca.

Ela contou à polícia que conseguiu tirar a faca das mãos do marido, porém, acabou escorregando. Ele então pegou outra faca e perfurou o pescoço. O idoso foi encontrado com três cortes no corpo. A mulher relatou que a vítima enfrentava problemas de depressão e há dois meses fazia tratamento contra a doença.

Vizinhos chegaram a acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a equipe o encontrou com vida quando chegou. Porém, minutos depois, ele morreu. Ao JPNEWS, o delegado Edson Ubeda, responsável pelo caso, informou que ocaso é tratado como suicídio por não haver nada no cenário do crime que indique um suposto homicídio.

“Quando chegamos ao local, o homem já estava sem vida e também havia duas facas. Mas, inicialmente, descartamos homicídio por não ter indicativo de luta corporal, por exemplo. A mulher não tem lesão que teria lutado ou algo assim. Ele não apresenta nenhuma lesão de defesa. Não há vestígios na casa de uma terceira pessoa”, explicou o delegado.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Odontológico Legal (Imol) de Três Lagoas.


Kelly Martins