Se7e

A Nossa Casa Viva

30/04/2019 10:31


A NOSSA CASA VIVA

Uma casa dentro do shopping? Este ano, ousamos e surpreendemos ao levar a 5ª edição da CASACOR MS para o Shopping Bosque dos Ipês. Uma sinergia com o projeto arquitetônico do empreendimento que consolidou a transformação da região Norte, em Campo Grande, e o comprometimento da franquia com o desenvolvimento da arquitetura, paisagismo e design de Mato Grosso do Sul.

Elenco e fornecedores somaram-se ao projeto dedicado a proporcionar experiências aos visitantes e que movimentou toda a cadeia ligada ao segmento. No total, 44 profissionais atuaram para transformar 1.800 m² em 24 ambientes que reuniram o melhor em lançamentos e tendências. Entre eles, talentos já reconhecidos e premiados, além de revelações em início de carreira.

Repletos de referências artísticas e elementos que remeteram à CASA VIVA, tema central da mostra em 2018, a CASACOR também foi palco de novos empreendimentos recém-chegados a Campo Grande. Uma variedade de empresas e produtos voltados à tecnologia, inovação e beleza despertaram a curiosidade e interesse de quem passou pela casa. Palestras técnicas e confraternizações reuniram profissionais, amigos e famílias nos diversos ambientes acolhedores e que também proporcionaram networking e novos negócios. Nosso muito obrigada a todos. Até breve!

 

Premiação da CASACOR celebra talentos

Todo o trabalho do elenco pode ser visto em 45 dias de mostra. Lançamento de tendências, estilos marcantes e clássicos, evidenciaram os projetos de cada ambiente da mostra. A celebração dos talentos e revelação dos premiados deram o tom para o encerramento da CASACOR MS. Esse ano, além dos troféus da franquia uma parceria com a Velutex foi criado  o Gran Prix que premiou o ambiente vencedor com uma viagem para a Itália para o Salão  Internacional do Móvel de Milão Isaloni 2019.

A diretora executiva, Tatiana Ratier, abriu o prêmio em nome das sócias, Dilma Bernardes e Luciane Mamoré, valorizando todo o elenco e parceiros. "Temos os vencedores nas respectivas categorias, mas todos os profissionais merecem o nosso reconhecimento. Nos 24 ambientes da mostra vimos a dedicação e o talento de cada um e, por isso, comemoramos com todos e com nossas famílias, que também nos ajudou muito ao longo de todo o processo", disse Tatiana.

O corpo de jurados da mostra foi formado, na parte técnica, pelos arquitetos Nildo José e Carol Cantelli, além do publicitário Jean Bergerot, editor do Anual Design. Como convidados a franquia recebeu a antropóloga Yara Penteado, a superintendente do shopping Bosque dos Ipês, Adriana Flores, e o diretor da Velutex, Fábio Bolfer.

 

Premiados

A família Moraes (Artur, Joana e Miralba), que assina o Loft da CASACOR, levou quatro prêmios: Melhor Projeto, Escolha do Visitante, Reconhecimento CASACOR (capa do anuário) e o aguardado Grand Prix Velutex. "É uma alegria imensa para nós. E ainda recebemos o bônus de estar na capa da revista CASACOR. Estamos muito felizes", disse Artur. "Fazemos tudo juntos e os desafios existem, somos uma família. Mas momentos como esse nos mostram que tudo vale a pena", enfatizou Miralba, mãe de Artur e Joana.

O Loft é um ambiente com 117 m² e foi inspirado na sustentabilidade, resignificando a utilização de materiais recicláveis. Uma parede foi produzida em chapa de ferro e isola o quarto da sala, garantindo privacidade. Nela, um stain fosco foi aplicado para impedir o avanço da ferrugem. Na cozinha, a bancada teve mais de quatro metros de extensão. Telas, plantas e objetos com design arrojado garantiram o charme ao espaço. Alguns utensílios e até uma coleção de galos deram o toque de leveza e bom humor.

Durante a noite outros prêmios foram revelados: Refúgio CBN, de Patrícia Boaro (Prêmio Operador de Ambiente), Boulangerie, assinado por Júlia de Sá (Prêmio Organização e Execução), Chalé do Tempo, de Christine Zeni e Letícia Fornari (Prêmio Solução Criativa) e o Bosque do Encontro, de Eliane de Oliveira, Jorge Nantes e Giorgia Davalo (Prêmio Melhor Ambiente Sustentável). A escolha dos vencedores foi realizada por votação do júri técnico e visitantes.

Os arquitetos Sandra Madeira e Luis Pedro Scalise receberam o Troféu Honra ao Mérito 2018. O reconhecimento para a arquiteta foi por ter participado das cinco edições da mostra em Mato Grosso do Sul.  O engenheiro Fernando Madeira, esposo de Sandra, representou a profissional durante a premiação. "É um orgulho e uma satisfação para nós termos participado de todas as edições da CASACOR em nosso Estado. Temos sempre que valorizar as nossas raízes", disse. O casal, juntamente com os filhos Amanda e Arthur, assinam a Joalheria da mostra, amplo espaço que chamou a atenção do visitante pelo grande elemento disposto na parede e teto, que funcionou como uma escultura, projetada pelos profissionais.

O ambiente abrigou a joalheria Grifith, com expositores estrategicamente instalados para a contemplação das joias. No pequeno lounge, predominaram o preto e o branco com toques de dourado. O lustre em formato de joia garantiu o charme ao ambiente de vendas, onde os elementos destacaram o brilho e o design das peças em exposição.

Para Luis Pedro Scalise, que este ano assinou o Foyer de Entrada - Pantanal em Preto e Branco, o troféu foi um reconhecimento da franquia por fazer parte da história da marca. Ele destacou a importância da CASACOR em sua trajetória profissional. "Tudo o que sou como profissional eu devo em grande parte à CASACOR, que me abriu um novo mercado. Foi na mostra que fui descoberto como cenógrafo, pelo diretor Wolf Maia, e que também fui conhecido por uma delegação do Qatar, o que me trouxe novas oportunidades", afirmou. "Tenho enorme alegria em participar da mostra e espero não ficar de fora das próximas", complementou.

As parcerias deram o tom da mostra. "É um privilégio sermos parceiros da CASACOR e parabenizamos todos, até porque sabemos que é um trabalho que envolve um esforço enorme de todos os profissionais envolvidos", disse o empresário Fábio Bolfer Moura, da Velutex, tinta oficial da mostra e patrocinadora do Gran Prix. "É uma alegria fazer parte dessa história e todos realmente estão de parabéns", enfatizou Adriane Flores, superintendente do Shopping Bosque dos Ipês, que recebeu a CASACOR este ano. 

Festa na CASA VIVA reuniu profissionais e fornecedores e celebrou parcerias

Ambientes Premiados/CASACOR MS 2018

Vencedor Grand Prix, Melhor Projeto, Escolha do Visitante Loft Artur Moraes, Joana Moraes e Miralba Moraes

Conceitualmente, lofts são espaços amplos, sem divisórias, usados como moradia, onde sutilezas dividem os ambientes. Nos 117 m² de uma casa aconchegante, materiais rústicos foram transformados em modernos. A parede, feita de chapa de ferro, garante privacidade para quem estiver no quarto. Na cozinha, uma bancada com 4m20, closet de 4m30 e, no banheiro, uma banheira com muito verde remetendo à CASA VIVA, tema central da mostra.

Solução Criativa - Chalé do Tempo

Christine Zeni e Letícia Fornari

Ambiente de convívio e extensão da casa para desconectar das tecnologias e compartilhar o convívio. Atividades lúdicas com os filhos, escrever uma carta, ouvir música. O espaço contou com sofá, mesa, home office com lápis colorido, poltrona e muito paisagismo, incluindo uma charmosa mesa de centro feita com troncos. O papel de parede repleto de folhas representou a visão para o jardim, ampliando o olhar do visitante para a área externa. Já no teto, foram utilizadas estruturas de madeira para garantir o acolhimento no chalé.

Organização e Execução - Boulangerie


Júlia de Sá

Inspirado nos cafés de Paris, o charmoso ambiente projetado pela arquiteta Júlia de Sá reuniu objetos de acervo pessoal trazidos de vários países e regiões do Brasil. As famosas boiseries, com inspiração francesa dos séculos XVII e XVIII, garantiram o requinte. Com elegância e tonalidades de azul nas paredes e estofados dos móveis, o espaço charmoso, com toque contemporâneo, contou com mesa bistrot central e sofás, com listras e xadrez nas mesmas tonalidades. A padaria foi cenário de vendas das delícias da Bendisse, cozinha artesanal de ultracongelados de Campo Grande.

Operador de Ambiente - Refúgio CBN


Patrícia Boaro

O ambiente harmonizou o espaço gourmet, lounge e spa. Como a mostra foi realizada indoor (dentro de um shopping), a primeira ideia foi remeter à alusão da luz do dia acima da jacuzzi, utilizando a tecnologia da Tensoflex, uma tela tensionada como uma cama de luz e cercada de muito paisagismo. No restante do refúgio foi aplicada madeira bruta e em laminação, pedra como mármore e, em contraponto com a alusão da luz do dia no spa, foi utilizada no ambiente uma iluminação indireta para remeter ao aconchego. Nas estantes, produtos e vasos com temperos naturais e móveis planejados "esconderam" a geladeira e um fogão com tecnologia para assar o celebrado churrasco, paixão natural sul-mato-grossense.

Ambiente Sustentável - Bosque do Encontro


Eliane de Oliveira, Jorge Nantes e Giórgia Dávalo

O tema A CASA VIVA não poderia ter um representante mais genuíno do que o ambiente batizado de Bosque do Encontro, assinado por três paisagistas. O belo projeto valorizou o verde e a sustentabilidade que Mato Grosso do Sul tem a oferecer, sem deixar de lado a sofisticação. Como Big Lounge, o ambiente proporcionou a contemplação de um jardim aconchegante e tranquilo. Para o espaço, de 170m², foi definido o uso da Madeira Pinus Auto clavado, por ser um produto resultante do reflorestamento, e para a cobertura, bambus com a suspensão de samambaias e rendas portuguesas, revestidas com "barba de bode". Grandes vasos vietnamitas compuseram a fonte. Os revestimentos levam o nome de grandes artistas, como Athos Bulcão.

 

Honra ao Mérito - Foyer Pantanal em Preto e Branco


Luis Pedro Scalise

Primeiro ambiente da mostra, após o Estar da Bilheteria, o foyer trouxe a reflexão quanto à degradação e necessidade de preservação do Pantanal. O colorido da paisagem real deu lugar ao preto e branco de um cenário cada vez mais degradado. O arquiteto e cenógrafo Scalise fez uma crítica à devastação que a região vem sofrendo nos últimos anos. Com 45 m², o foyer de entrada funcionou como cartão de visitas para quem chegava à mostra. A instalação artística, com perfil cenotécnico, encantou pela criatividade e bom gosto.

Joalheria - Sandra Madeira


Assinado pela família Madeira, o ambiente contou com móveis acolhedores e funcionais, que facilitaram a circulação dos clientes. Os expositores foram estrategicamente instalados para a contemplação das joias da marca Grifity, destacando o brilho e o design das peças em exposição. O lustre em formato de joia garantiu o charme ao ambiente de vendas e, no pequeno lounge, predominaram o preto e o branco com toques de dourado.


Fabiana Silvestre