jp 70 anos

Quem ainda acredita em horóscopo?

24/08/2019 11:59


No primeiro capítulo da série de televisão norte-americana The Big Bang Theory, um dos personagens - Penny - dispara: "sou de  Sagitário" ao justificar seu comportamento e crenças sobre a criação do Universo. E o outro - Sheldon - reage: “Você participa desse delírio cultural coletivo segundo o qual a aparente posição em relação ao Sol, os planetas e as constelações arbitrariamente definidas na hora do seu nascimento afeta de alguma maneira a sua personalidade”. Em tradução literal, Sheldon apenas estava dizendo: você ainda acredita em horóscopo, mesmo diante de tantas evoluções tecnológicas. 

No século 21, muitas pessoas continuam a ler o seu horóscopo. E o Jornal do Povo segue publicando notas do Zodíaco produzidas por diversos astrólogos, com bons índices de leitura.

As publicações sempre tiveram local de destaque no JP, ao lado de colunas de saúde, de lazer e de jogos. Hoje, os signos são publicados ao lado de cruzadinhas e do indispensável Sudoku - um jogo de números combinados que desafia leitores de todas as idades. 

Na mesma página, hoje, o Jornal do Povo publica resultados de loterias da Caixa Econômica Federal e, por mais ágil que sejam as postagens nas redes sociais, muitos apostadores ainda preferem conferir cartelas no impresso. O mesmo ocorre com o horóscopo, que também é disponibilizado em sites. Os leitores adeptos à conferência do que dizem os signos - como Penny, da série norte-americana - preferem fazer consultas em papel. 


Valdecir Cremon