EDUCAÇÃO

Secretária afirma que fechamento das escolas "não tem volta"

Durante audiência na Câmara índigenas, alunos e servidores pediram mais tempo

02/12/2019 17:26


Os impactos do fechamento de escolas públicas em Campo Grande foi o tema de debate da Audiência Pública na Câmara Municipal, nesta segunda-feira (2). 

O debate foi convocado pela Comissão Permanentes de Assistência Social e do Idoso da Câmara, composta pelos vereadores Betinho (presidente), Enfermeira Cida Amaral (vice), Valdir Gomes, Pastor Jeremias Flores e Dr. Loester.

De acordo com a secretária Estadual de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta: “Gostaria de esclarecer as tomadas de decisões que a Secretaria faz e o porquê ela faz. A nossa missão é garantir a qualidade de ensino e aprendizado. Nós atendemos a população e quando tomamos uma atitude fazemos uma análise. Segundo dados, em 2008 famílias tinham em média seis filhos, hoje dados do o IBGE aponta que está caindo o número de natalidade de crianças por família”, explicou.