Bate-boca

Vereador se desculpa por palavrões em áudio

Vereador Andrew Robalinho da Silva Filho (MDB) declarou estar envergonhado

07/12/2019 08:16


O vereador Andrew Robalinho da Silva Filho (MDB) pediu desculpas, durante a sessão da Câmara de Paranaíba, na segunda-feira, dia 2, pelo áudio divulgado pelo vereador Carlos “Corujinha“ Garcia Rios (PR) na sessão anterior, dia 25 de novembro. “Eu quero iniciar minha fala pedindo desculpas à população de Paranaíba pelo que foi, de forma criminosa, publicado no púlpito da Câmara Municipal. Enquanto pessoa, vereador, defensor público, me sinto envergonhado. Vou colocar uma pedra em cima deste assunto” disse.

Durante o discurso, o vereador ainda disse que muitas pessoas questionaram se ação, classificada por ele como truculenta, teria sido gratuita. “De forma criminosa, sórdida, baixa, pequena e vil, uma discussão entre duas pessoas por telefone foi trazida para os microfones da Câmara”, falou. Ele ainda questionou sobre o fato da Mesa Diretora não ter interrompido o discurso de Corujinha, visto que, segundo ele, tinha poder para isso, mas acredita que não foi feito pois seus discurso incomodam.

“Quero mais uma vez pedir desculpas à população de Paranaíba, pelo lixo que foi trazido. Todos nós somos passíveis de explodir, estourar e xingar”, finalizou. Ainda durante a sessão, o presidente da Casa disse que a Comissão de Ética analisará se houve quebra de decoro por parte de Corujinha. “Entendo que o fato ocorrido na ocasião implica na falta de decoro por parte do Carlos Renato. Particularmente o comportamento de decência e respeito não se exige do parlamentar somente nesta casa, mas em qualquer lugar que ele se encontre”, disse.

Nelo ainda enfatizou que conforme Código de Ética deve haver respeito entre os parlamentares, independente de convicções contrárias dos edis. Corujinha divulgou um áudio de Andew, dizendo de forma irônica que o líder do prefeito era muito educado. Entre palavras de baixo calão, Andrew diz no áudio que faz campanha com o próprio dinheiro. “Você que é puxa-saco do Maico Doido [Maycol Henrique Queiroz de Andrade, do PDT], está doando prêmio para ele no leilão; está doidinho para ‘pegar na teta’. Eu não dependo de emprego de prefeitura”, disse.


Talita Matsushita