MEIO AMBIENTE

Mortalidade de peixes não tem relação com queimadas no Pantanal, aponta Imasul

Estudo feito pelo Instituto mostra que espécies morreram em razão da decoada

31/03/2021 16:30


Muitos peixes morreram, em fevereiro deste ano, no Rio Miranda, mais precisamente na região do Passo do Lontra. O que acreditava-se ser decorrente das queimadas que aconteceram no Pantanal, no ano passado. Mas um estudo feito pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), mostra que o fogo não causou, diretamente, as mortes.

Segundo o biólogo e coordenador do Laboratório Ictiofauna, Heriberto Gimenes Junior, o que ocorreu foi a decoada, fenômeno natural já conhecido, que consiste na diminuição do oxigênio dissolvido nos rios, e que tem como causa principal o acúmulo de material orgânico.

Saiba mais:  

 

 


Giovanna Dauzacker