MODERNIZAÇÃO

Feira Central de Campo Grande vai receber R$ 20 milhões para obras

A Feira Central de Campo Grande é um dos pontos turísticos mais visitados e oferece opções gastronômicas, culturais e históricas de Mato Grosso do Sul

11/04/2021 13:40


No auge dos seus 95 anos, a Feira Central de Campo Grande, um dos pontos turísticos mais importantes da capital do Estado, vai ganhar um novo espaço. Os recursos públicos que vão permitir as obras serão destinados através de parceria entre a bancada federal de Mato Grosso do Sul, prefeitura e governo estadual. A estimativa é de que R$ 20 milhões serão investidos para dar início às obras. 

O projeto foi criado em 2016 e prevê remodelação, modernização e ampliação da feira. Em fevereiro deste ano, deputados e senadores se reuniram com a Associação da Feira Central, Cultural e Artística (Afecetur) para sinalizar a possibilidade de repasse do governo federal. O anúncio da destinação de R$15,7 milhões aconteceu na segunda-feira (5). Os recursos provêm de emendas impositivas e precisam ser utilizados até dezembro deste ano. Outros R$5 milhões serão destinados pelo governo estadual para compor a primeira etapa das obras.

Patrimônio

A Feira Central de Campo Grande é um dos pontos turísticos mais visitados e oferece opções gastronômicas, culturais e históricas de Mato Grosso do Sul. É considerada o ‘berço do sobá’, comida que é Patrimônio Cultural e Imaterial da capital. É, ainda, espaço que conta com cerca de 300 negócios, tendo papel importante na geração de empregos diretos e indiretos.

O projeto

Dois pavimentos estão previstos para o novo espaço que vai contar com mais de 5 mil metros quadrados de área construída em cada um deles. A expectativa é que o novo local contribua, além do lazer, gastronomia e cultura, para a geração de empregos.
As licitações para o início do processo de modernização devem ser abertas ainda no primeiro semestre deste ano e, a previsão, é a de que as obras comecem até dezembro.

“Será erguida uma Feira Central como nunca se viu, com atrativos culinários, de compras, lazer, repletos de referências que enaltecem a cultura estadual”, diz nota divulgada pela Afecetur. 


Loraine França