Será?

Seu WhatsApp pode ser bloqueado por qualquer um que tenha seu telefone

Apesar de não oferecer perigos ao usuário, o problema pode te deixar trancado para fora do app por até 12 horas

13/04/2021 07:00


Uma falha de construção no WhatsApp permite que qualquer pessoa com seu número de telefone consiga suspender sua conta do aplicativo ou até mesmo bloqueá-la. Apesar de não oferecer perigos ao usuário, o problema pode te deixar trancado para fora do app por até 12 horas.

A sua conta pode ser suspensa facilmente graças ao sistema de ativação do WhatsApp em um novo smartphone. Segundo relata o Android Police, o golpista que possuir seu número pode baixar o WhatsApp em um novo celular e tentar ativar a sua conta no aparelho dele diversas vezes.

Ao passo que o seu WhatsApp não poderá ser migrado para o dispositivo do criminoso por causa do código de autenticação de dois fatores, que será enviado para o seu aparelho, o processo pode acabar suspendendo seu perfil. Após diversas tentativas de login, a conta será "trancada" por um período de até 12 horas.

O processo pode render ainda mais dores de cabeça se o criminoso resolver entrar em contato com o suporte do WhatsApp. Segundo explica o Android Police, o golpista pode enviar e-mail para os responsáveis pelo aplicativo alegando que o celular com seu número foi roubado. Como o aplicativo trata esse tipo de assunto por meio do correio eletrônico, a conta pode ser suspensa por ainda mais tempo sem o usuário ter conhecimento do caso.

A falha do WhatsApp foi descoberta pelos pesquisadores Luis Márquez Carpintero e Ernesto Canales Pereña, mas parece que o WhatsApp não está buscando uma forma de corrigir o buraco de segurança atualmente. Apesar de o problema ser preocupante, o bug não permite que o criminoso roube sua conta ou tenha acesso aos dados do seu perfil, servindo somente para encher a paciência da vítima.

De acordo com o WhatsApp, os usuários que sofrerem com o problema devem entrar em contato com o suporte da companhia fornecendo um e-mail de contato e código de verificação em dois fatores, assim a equipe do app auxiliará com o inconveniente. Ou seja, o usuário só poderá fazer alguma coisa após de ser atingido pela falha. (Informações da TecMundo).


Redação