fiscalizando

Rastreando contaminados pela Covid-19

Leia a coluna Observatório do Jornal do Povo deste sábado

17/04/2021 06:30


RASTREAMENTO

Desde o ano passado, Mato Grosso do Sul conta com um programa para rastreamento e monitoramento de pessoas com Covid-19. O objetivo é conseguir identificar esses possíveis transmissores. Na sessão da Câmara de Três Lagoas, desta semana, o presidente da Casa, Cassiano Maia, solicitou que a Secretaria Municipal de Saúde, estude um mecanismo para divulgar o programa no município. A medida é importante, uma vez que, pessoas que estariam com Covid não estariam cumprindo o isolamento domiciliar, necessário para evitar a disseminação do vírus.

DEBATE

O senador Nelsinho Trad (PSD-MS), propôs nesta semana, novo debate temático no Senado do uso de tratamento precoce no combate à Covid-19. “Estamos enfrentando o pior momento da pandemia. Neste período, cientistas do mundo todo se debruçaram sobre o vírus e suas consequências. Infelizmente, um ano depois, ainda sabemos pouco sobre o vírus e os tratamentos mais eficazes. E a politização em torno do tema dificulta ainda mais a situação. Acredito que um debate com grandes especialistas vai nos ajudar a esclarecer, declarou.

POSITIVOU

Nesta semana, a senadora Soraya Troni Thronicke (PSL/MS), testou positivo para a Covid-19, após apresentar sintomas leves como tosse e estado febril. A senadora disse que está bem e segue orientações médicas em isolamento domiciliar.

VALORIZAÇÃO

Nesta semana, Três Lagoas se despediu da ex- jogadora de basquete, Ruth Roberta de Souza, que foi campeã mundial de basquete pela Seleção Brasileira. Muitas foram as homenagens para a ex- atleta que morava em Três Lagoas. Ruth ocupava um cargo na Secretaria da Juventude Esporte e Lazer, mas há quem diga que Ruth, nunca foi valorizada profissionalmente como deveria. 


Redação