Alerta!

Falso email da Caixa finge bloqueio de PIX para roubar seus dados

A mensagem é um clássico golpe de phishing

21/04/2021 09:29


O sistema de transferências imediatas PIX já é um sucesso no Brasil com 80 milhões de cadastrados e R$ 787 bilhões movimentados, além de ser aceito como forma de pagamento em cada vez mais plataformas e estabelecimentos. Ao mesmo tempo, isso também significa que a ferramenta do Banco Central torna-se uma fonte bastante de golpes pela internet.

A mensagem é um clássico golpe de phishing, com um criminoso fingindo ser a Caixa Econômica Federal — note o uso da logo da instituição, além de um botão de clique nas cores do banco e até o nome "Caixa Economica Federal" como remetente.

O conteúdo do texto é bastante alarmista e com tons de urgência, também um sinal clássico de fraude: o banco avisa que você tem um PIX de um alto valor bloqueado pelo sistema, mas que pode ser liberado mediante uma atualização cadastral.

É claro que, ao clicar no endereço suspeito e preencher as suas informações pessoais, o golpe está concretizado: você pode ter a identidade usada para finalidades ilícitas e sofrer fraude bancária, caso seja cliente da Caixa.

Como reconhecer?

Felizmente, esse golpe não é dos melhores em termos de qualidade. Note como o endereço de email é uma conta chamada "creditodesbloquear" hospedada no Gmail. Além disso, há sinais de erros de concordância no texto que saltam aos olhos. Ainda assim, é possível que alguém mais apressado ou desavisado — que de fato esteja esperando um PIX de alguém, por exemplo, e ficou com medo do serviço ter sido bloqueado — acabe virando uma vítima.

As dicas para não cair em fraudes do tipo são as mesmas de sempre: nunca confie em emails tão simples escritos por supostos bancos e desconfie de qualquer oferta grátis ou boa demais para ser verdade.

Prefira acessar a sua conta somente pelo caixa eletrônico, via internet banking ou aplicativo móvel. Em caso de dúvidas, procure sempre canais de atendimento oficiais, como telefone e assistente virtual. O golpe em questão já foi reportado para o banco responsável. (Informações da Tec Mundo).


Redação