Política

Pesquisa aponta aumento de ausência dos senadores em 2008

Parlamentares acumularam 1782 faltas, número superior ao de 2007

22/01/2009 06:48


Um levantamento feito pelo site “Congresso em Foco” revelou que os senadores faltaram mais às sessões deliberativas da Casa em 2008, quando o índice de ausências nas sessões destinadas a votações de projetos de lei, medidas provisórias e outras matérias saltou de 18,06%, em 2007, para 26,59%.
Embora tenham promovido 97 sessões deliberativas no ano passado, os senadores acumularam 1.782 faltas em 2008, número superior às 1.738 ausências registradas nas 119 sessões de 2007. Entre as faltas justificadas (1.442), menos de 10% delas foram motivadas por problemas de saúde. Apesar de o número de ausência ter aumentado, as faltas sem justificativas despencaram de 1.545, em 2007, para apenas 340, em 2008. 
O índice de assiduidade dos senadores também ficou abaixo do registrado na Câmara em 2008. Os deputados concluíram o ano legislativo com média de 16% de ausência em plenário, mais de dois pontos percentuais acima da marca registrada em 2007.
Ausente em mais de um quarto das reuniões convocadas para votação em plenário, o senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO) teve o maior número de faltas sem justificativas. Das 27 ausências, apenas seis foram abonadas por meio de licença para missão oficial ou missão política de interesse do parlamentar.


Divulgação