Brasil

BC restringe concessão de empréstimos a empresas brasileiras com dívidas no exterior

A circular que regulamenta as operações de financiamento foi publicada às 22h20 de ontem (4) pelo Banco Central (BC)

05/02/2009 10:29


Os empréstimos em dólar para empresas brasileiras com dívidas no exterior serão operados por bancos brasileiros ou por estrangeiros autorizados a operar no Brasil. A circular que regulamenta as operações de financiamento foi publicada às 22h20 de ontem (4) pelo Banco Central (BC).

A medida prevê que o BC vai repassar recursos das reservas internacionais para as instituições financeiras, que por sua vez emprestarão o dinheiro a empresas brasileiras que tenham empréstimos externos. Em dezembro de 2008, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, anunciou essa medida para evitar que os empréstimos não renovados, por falta de cobertura, pressionassem, o mercado de crédito brasileiro. A escassez de crédito é um reflexo da crise financeira internacional.

Segundo o Banco Central, cerca de 70 instituições financeiras no país estão aptas a oferecer o empréstimo. Em 30 dias, bancos no exterior também poderão fazer essas operações. De acordo com o BC, os bancos no exterior só entrarão na operação posteriomente, porque leva mais tempo para a elaboração correta dos contratos.

De acordo com a circular, o empréstimo para cada empresa fica limitado ao valor das parcelas das operações externas com vencimento entre 1º de outubro de 2008 e 31 de dezembro de 2009.

O custo do empréstimo será a taxa Libor acrescida de percentual a ser divulgado pelo BC. A garantia da operação serão os créditos ofertados às empresas.


Redação