Três Lagoas

Incêndios em florestas somam +33% em relação a 2011

Por outro lado, incêndios em terrenos baldios caíram para menos da metade

17/11/2012 09:08


Ano após ano as queimadas continuam um problema para os moradores de Três Lagoas, tanto as provenientes da zona rural, quanto da zona urbana. O ar seco, combinado com a fumaça, torna difícil a respiração e pode ser a causadora de diversas doenças respiratórias, principalmente em crianças e idosos, além do perigo de acidentes.

O problema das queimadas dentro do perímetro urbano poderia ser amenizado, caso os proprietários de terrenos baldios cumprissem a lei e mantivessem os terrenos limpos e cercados. “É obrigação do proprietário manter o seu terreno limpo, sem mato ou qualquer outra coisa jogada”, afirmou o Secretário Municipal de Meio Ambiente José Estevão Moraes Palma.

Segundo orientou o secretário, a população deve ajudar a prefeitura denunciando queimadas ilegais ou terrenos que estejam com mato alto. “Temos avaliado que em 2012 as queimadas diminuíram bastante. O que é necessário para o problema diminuir mais é a população se conscientizar e fazer a sua parte, seja limpando os terrenos baldios ou denunciando”, disse o secretário, que salientou que o tema é abordado no Código de Postura da Prefeitura Municipal, segundo a lei 20418/2009. De acordo com o artigo 26 inciso VII, está prevista multa, que foi definida no artigo 32, no valor de R$ 316.26, o equivalente a 100 UFINS.

Confira a matéria completa na edição impressa do JP deste sábado (17)


Arthur Freire/JP