Brasil

Sejusp cria o quarto Gabinete de Gestão Integrada no Estado

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, institui o Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública (GGI/MS), no polo de Jardim

20/11/2012 11:40


O governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, institui o Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública (GGI/MS), no polo de Jardim. Tem como objetivo inibir o crime organizado e o tráfico no Brasil.

O Gabinete tem a função de estabelecer políticas estratégicas de segurança pública, integradas e articuladas entre todos os órgãos que o compõem, visando cooperação mútua para a prevenção e repressão eficaz do crime em toda região do polo, com a participação da sociedade; sugerir a adoção de políticas públicas, inclusive educativas, que possam refletir de forma positiva na prevenção da violência, envolvendo ações de órgãos governamentais e não governamentais.
 
Outros objetivos são apresentar sugestões para resolução de conflitos sociais de natureza policial; promover a integração das forças regionais ou policiais em atividades específicas de interesse comum, no combate ao crime organizado e ao tráfico ilícito de entorpecentes; articular formas que torne mais ágil e eficaz a comunicação entre os órgãos da justiça criminal e de defesa social e instituir coordenadorias temáticas, visando discutir temas específicos.
 
Esta é a quarta unidade desse modelo a ser implantada em Mato Grosso do Sul. Três gabinetes já estão funcionando, nas cidades de Corumbá, Naviraí e Ponta Porã, como parte da Estratégia Nacional de Fronteira. O gabinete formado pela União, Estado, Prefeitura e países fronteiriços trabalha com ações conjuntas e planejamentos que têm como foco a diminuição da criminalidade nestas regiões.

GGI
      
O Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGI) está instalado para que todos os 11 Estados que têm fronteira com outros países tenham grupos de trabalho conjunto para ações de repressão ao crime organizado. O Gabinete em Corumbá é o segundo GGI-F do País, fórum que objetiva enfrentar de forma articulada o crime organizado nos onze Estados que fazem divisa internacional. O GGI-F do Mato Grosso do Sul - chamado de Aliança - integra as forças de segurança pública das esferas federal, estadual e dos municípios fronteiriços com a finalidade de planejar, coordenar e executar ações de combate aos crimes transnacionais.
 
A iniciativa é um fórum deliberativo e executivo que opera por consenso, sem hierarquia e respeitando a autonomia das instituições que o compõem. O gabinete gestor visa coordenar o Sistema Único de Segurança Pública nos Estados, conforme termo de convênio celebrado entre a União, por intermédio do Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública, e os Estados Federados, através de suas Secretarias Estaduais de Segurança Pública e Defesa Social.

Redação