Três Lagoas

Fiscalização nas rodovias terá como foco Lei Seca, tráfico de drogas e excesso de velocidade

Outras infrações também serão fiscalizadas, assim como o uso de itens de segurança nos veículos

30/03/2013 11:59


A Operação da Semana Santa das Polícias Rodoviária Federal (PRE), Rodoviária Estadual (PRE), e Militar (PM) tiveram início nesta quinta-feira.  As principais metas da Operação serão fiscalizar irregularidades no tráfego das rodovias assim como condutores alcoolizados, tráfico de drogas, excesso de velocidade e ultrapassagens em locais proibidos.

Entretanto, outras infrações também serão fiscalizadas, assim como o uso de itens de segurança nos veículos, como cadeirinhas ou o assento de elevação no transporte das crianças de até 10 anos e uso do cinto de segurança.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal de Três Lagoas, para fiscalizar as rodovias federais, BRs 158 e 262, a equipe de policias contará com um aumento de 30% em seu efetivo.
A atenção dos policiais militares rodoviários também estará voltada no combate aos ilícitos, como o contrabando/descaminho, tráfico de drogas, entre outros. 

Os pontos a serem atingidos pela fiscalização no estado, considerando o aumento do volume de tráfego durante o feriado prolongado, serão os trechos que abrangem as cidades de Bonito, Ponta Porã, Jardim e Bodoquena, além da Rodovia MS-376 que liga Dourados, Fátima do Sul, Vicentina, Glória de Dourados e Ivinhema. 

Em Três Lagoas, nesta mesma operação do ano passado, a equipe da PRF fiscalizou 651 veículos, atuou 114 pessoas, recolheu duas Carteiras Nacional de Habilitação (CNHs) e apreendeu um carro. Em 2012, no mesmo período, foram registrados 15 acidentes em todo o estado, dos quais três casos com vítimas fatais. 

Durante as abordagens, serão distribuídos materiais educativos com dicas de segurança e informações sobre a aplicação da Lei Seca, com o intuito de evitar que os condutores trafeguem pelas rodovias sob influência de bebidas alcoólicas e outras substâncias. 

Todo o efetivo, além da equipe administrativa, estará sendo empregado na ação que atingirá mais de 15 mil quilômetros de extensão, com a utilização de radares móveis, binóculos e etilômetros (bafômetros). As atividades da Operação se estenderão até domingo, (31).

Redação