Região

Venda de ingressos da Expopar é prorrogada até o dia 19

Permanentes podem ser adquiridas em oito pontos de venda

16/05/2013 10:15


A venda de entradas permanentes para a 51ª Exposição Agropecuária de Paranaíba (Expopar), que foi iniciada em março e terminou em 20 de abril, foi prorrogada por mais 30 dias e vai até o dia 19. A compra parcelada, em cheque ou cartão de crédito, em até duas vezes, só pode ser feita no Sindicato Rural.

Além do Sindicato, são oito pontos de vendas: Empório Fashion, Zero Grau, Calçadeira Santa Terezinha, Nívea Cosméticos, Jatai Boots, Valmar Boots, Território Country e Bar Barcelona. A permanente custa R$ 150. Como os ingressos custarão R$ 40 e R$ 30 (a última noite), quem comprar a permanente economizará R$ 40.

Segundo Wilberto Antônio Amaral, presidente do Sindicato Rural, a prorrogação atende a inúmeros pedidos, principalmente de trabalhadores assalariados. “As expectativas para a exposição são as melhores possíveis. A programação, no que se refere à exposição agropecuária e às atrações e aspectos festivos, é bastante extensa e de grande qualidade”.

Nos primeiros sete dias, tudo funcionará normalmente e o evento será voltado aos produtores rurais. Como o dia 4 de julho será uma quinta-feira, o Sindicato resolveu fazer um show na quarta, véspera do aniversário da cidade.

SHOWS                               
A festa do peão de Paranaíba terá grandes apresentações. Shows de Gusttavo Lima, Luan Santana, Munhoz e Mariano e Humberto e Ronaldo são as atrações confirmadas.

No primeiro final de semana, no dia 29 de junho (sábado),  a festa terá portões abertos. No palco, haverá atrações regionais, com os seguintes cantores de Paranaíba: Dombar e Domzeth; Cínthia e Monique; Canarinho da Furna Azul, Rafael Violeiro e Celsinho; Luis Henrique e Souza Filho, entre outros artistas. 

No dia 30 de junho (domingo), haverá show gospel, terceirizado, do Irmão Lázaro Ramos. Nessa data, o Parque de Exposições estará de portões abertos. No entanto, o show no recinto será cobrado à parte, por não estar incluído na grade do Sindicato Rural. “Queremos deixar bem claro que o sindicato ofereceu toda a estrutura para que a boa organização desse show seja possível. A renda será para pagar o próprio show. O Sindicato não está cobrando nada de ninguém”, explicou Wilberto.

No dia 3 (quarta-feira), o show será com a dupla Munhoz e Mariano; no dia 4 (quinta-feira), Gusttavo Lima; dia 5 (sexta-feira), Luan Santana; e no dia 6 (sábado), Humberto e Ronaldo.

Redação