Saúde

Imobiliárias de Paranaíba têm prazo para permitir entrada de agentes

O registro de 646 casos notificados até o mês de novembro levou o Ministério Público a autorizar a entrada dos agentes

04/01/2016 18:32


Vence nesta terça-feira, o prazo para que as imobiliárias de Paranaíba enviem para a Secretaria de Saúde do município uma relação de imóveis fechados, sob sua responsabilidade, para que os agentes de saúde possam efetuar o combate ao mosquito Aedes aegyptis. De acordo com a coordenadora municipal de Controle de Vetores, Ymara Lucia Zanin, junto com os endereços dos imóveis, estará a permissão para que os agentes possam entrar aos imóveis fechados.

A mobilização contra o mosquito transmissor da dengue envolvendo as imobiliárias de Paranaíba faz parte do esforço concentrado para reduzir a incidência de dengue no município. O registro de 646 casos notificados até o mês de novembro levou o Ministério Público a autorizar a entrada dos agentes de endemias nos imóveis.

Nas últimas semanas de dezembro, o município, através da Coordenadoria de Controle de Vetores, pediu o apoio das igrejas católicas e evangélicas, para que durante as missas e cultos, os padres e pastores possam orientar os fiéis para que redobrem as atenções na busca do mosquito transmissor de doenças como a dengue, febre chikungunha e zica vírus. (Roberto Chamorro)


Redação