Incremento

Expansão da Fibria vai incrementar R$ 2 bilhões no PIB do Estado

Produção de celulose de Três Lagoas permitirá crescimento do PIB estadual em até 4%

10/05/2016 18:35


O projeto de expansão da fábrica de celulose da empresa Fibria, em Três Lagoas, vai proporcionar um incremento de R$ 2 bilhões no Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, segundo informou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck.

O secretário participou nesta terça-feira (10), em Brasília, da assinatura do contrato entre a Fibria, a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) e ao Ministério da Integração Nacional. O contrato prevê a liberação de R$ 831 milhões, provenientes do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO) para o projeto de expansão. O governo havia anunciado que seria liberado R$ 1 bilhão.

Segundo Verruck, o projeto de expansão irá permitir um crescimento do PIB total na ordem de 3% a 4% - cerca de R$ 2 bilhões, tendo como base o PIB de 2013 na ordem de R$ 54 bilhões. “O projeto da Fibria traz um horizonte extremamente significativo para o Estado no que diz respeito ao desenvolvimento econômico”, declarou.

O recurso liberado pelo FDCO garante parte do investimento no projeto de ampliação da fábrica, orçado em R$ 7,7 bilhões. As obras foram iniciadas no segundo semestre do ano passado.

O FDCO é administrado pela Sudeco e tem por finalidade assegurar recursos para a realização de investimentos em infraestrutura, serviços públicos e empreendimentos produtivos de grande capacidade germinativa de novos negócios e atividades produtivas.


Ana Cristina Santos