Três Lagoas

‘Não sou milagroso’, diz prefeito sobre obras de drenagem

Ângelo Guerreiro disse ao Jornal do Povo que esses são problemas antigos, e que não é “milagroso” para conseguir resolver em poucos meses de trabalho

29/04/2017 12:04


As chuvas dos últimos dias e os problemas ocasionados por elas, como alagamentos e buracos nas ruas, tem feito com que a população, bem como vereadores cobrem da administração municipal, providências para essa situação que ocorre há anos na cidade.

Na sessão desta terça-feira (25), por exemplo, os vereadores cobraram do Executivo providências em relação à rua de acesso ao Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), campus de Três Lagoas. A via fica intransitável no período de chuva.

O prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB), disse ao Jornal do Povo, que esses são problemas antigos, e que não é “milagroso” para conseguir resolver em poucos meses de trabalho.  “Três Lagoas vai completar 102 anos, e sempre teve reclamações. Agora, as pessoas precisam entender que, em 120 dias, não vamos resolver tudo. Não sou milagroso, não vamos conseguir resolver os problemas que existem há 101 anos. Sou muito claro, e não vou enganar ninguém”, declarou o prefeito.

Guerreiro disse que é preciso um montante financeiro considerável para resolver os problemas de drenagem na cidade, e que os recursos próprios do município não seriam suficientes para isso. Ressaltou que, a administração está em busca de recursos junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para tentar solucionar parte dos problemas dos alagamentos com obras de drenagem. “Só que as coisas não se resolvem da noite para o dia”, frisou, ressaltando que, boa parte do orçamento do município é comprometida.

O vereador Gilmar Garcia Tosta (PSB), por sua vez, disse na sessão da Câmara que, com o orçamento do município seria possível resolver parte do problema da rua de acesso ao IFMS. Guerreiro, porém, disse que, quem sabe da realidade do orçamento do município é quem está administrando. “É só nos apresentar onde está o dinheiro. Com todo respeito ao vereador, já que é um direito deles cobrarem, mas temos que falar a realidade e a verdade”, disparou Guerreiro.

 O prefeito, no entanto, disse que a prefeitura está trabalhando para resolver os problemas da cidade, inclusive dessa rua de acesso ao IFMS. Guerreiro informou que estão sendo investidos R$ 870 mil, recursos próprios do município, em uma drenagem na região do Jardim Dourados, que vai resolver parte dos alagamentos nessa região, inclusive na rua de acesso o instituto. “As obras estão acontecendo. Todos os vereadores têm acesso, e pediram votos, para deputado federal, senador e deputado estadual. Então, não basta só falar no microfone, podem ir em busca de emendas para resolvermos os problemas”, acrescentou.


Ana Cristina Santos