Desenvolvimento

Líderanças se unem em Três Lagoas para fortalecer empreendedorismo

Projeto LÍDER é desenvolvido pelo Sebrae e propõe o desenvolvimento sustentável na Costa Leste por meio de lideranças

27/05/2017 17:00


Líderes de onze cidades da Costa Leste de Mato Grosso do Sul se reuniram em Três Lagoas, durante um encontro promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O objetivo foi promover o fortalecimento dos microempreendedores e dos líderes regionais, que integram o projeto LÍDER, lançado no mês de fevereiro na região.

O projeto visa mobilizar lideranças para promover a integração entre os setores público, privado e o terceiro setor, de modo a construir junto à comunidade um processo de desenvolvimento sustentável de Três Lagoas e municípios vizinhos. Isso porque, de acordo com o Sebrae, há mais de 15 mil empresas na Costa Leste, que abrange 11 cidades (Três Lagoas, Água Clara, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Brasilândia, Cassilândia, Inocência, Paranaíba, Ribas do Rio Pardo, Santa Rita do Pardo e Selvíria). 

A grande maioria (90%) pequenos negócios. No ano passado, mais de 3.400 empreendedores foram cadastrados no escritório regional da instituição. “A política, os políticos, os prefeitos e vereadores, eles passam. Agora, as empresas, os empresários, as lideranças, Associação Comercial, as instituições, ficam. E nós estamos mostrando e discutindo com essas instituições, com o setor empresarial, sobre o que eles pensam para a região. Qual é o projeto realmente de futuro para este município e para toda a região da Costa Leste?”, indagou o superintendente do Sebrae, Cláudio Mendonça, que participou do encontro. 

O evento reuniu mais de 30 pessoas, na quinta (25) e sexta-feira (26). O projeto LÍDER pretende preparar 45 lideranças que formarão ao final do processo - de um ano e meio - um grupo de trabalho responsável por alinhar as demandas dos planos locais, manter a convergência das políticas públicas municipais e de fomento estaduais e nacionais voltadas ao empreendedorismo. Ele está consolidado em municípios dos estados do RS, SC e MG; com fase de implementação em MS, PE, BA e GO. 

“Três Lagoas tem boas lideranças e uma condição econômica adequada. Tem empresas fortes que dão um suporte ao desenvolvimento econômico. Tem uma cultura já favorável para que um programa como esse aconteça. E aí, é aproveitar essas potencialidades, os pontos fortes, para poder atacar os fracos”, declarou o gerente regional do Sebrae, Josi Signori, no lançamento do projeto. 


Kelly Martins