Caged

Três Lagoas foi a 2ª cidade que mais perdeu postos de trabalho em maio

Depois de liderar ranking de contratações, município encerrou os dois últimos meses com saldo negativo

21/06/2017 11:02


Três Lagoas foi a segunda cidade do Mato Grosso do Sul que mais demitiu trabalhadores com carteira assinada no mês passado. Em maio, o município fechou 426 postos de trabalho. Foram 1.421 trabalhadores contratados e 1.847 demitidos. Os dados constam no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta terça-feira (20).

O saldo negativo na geração de empregos no mês passado em Três Lagoas é reflexo da obra de ampliação da Fibria, que vai caminhando para sua conclusão. Em abril deste ano, o município também fechou com saldo negativo de 223 postos de trabalho.

Ao longo dos últimos meses, no ano passado, inclusive, a obra foi a responsável pelo grande volume de contratações, agora com o término, as demissões são naturais.  No acumulado do ano, de janeiro a maio, Três Lagoas admitiu 9.145 e demitiu 8.940- saldo positivo de 205 novos postos de trabalho.

No mês passado, Três Lagoas ficou atrás apenas de Campo Grande que encerrou maio com saldo negativo de 706 vagas de trabalho. A capital admitiu no mês passado 7.506 trabalhadores e demitiu 8.212.

Paranaíba foi a cidade do Estado que mais contratou no mês passado. O município admitiu 363 e demitiu 310- saldo positivo de 53 novos postos de trabalho.

Mato Grosso do Sul fechou no mês passado 1.336 postos de trabalho.


Ana Cristina Santos