Rádios On-line
8352
SEBRAE SEMANA DE CRÉDITO
HOSPITAL REGIONAL

Ações humanizadas melhoram atendimento e saúde de pacientes

Funcionários, pacientes e acompanhantes estão trocando cada vez mais experiências de vida e cuidado

13 JUN 2017 - 15h:00Por Redação

A Comissão de Humanização do Hospital Dr. José de Simone Netto (Hospital Regional de Ponta Porã) tem colhido resultados positivos em todos os setores do hospital. Funcionários, pacientes e acompanhantes estão trocando cada vez mais experiências de vida e cuidado, e a gratidão é o sentimento que está tornando o ambiente cada vez mais acolhedor para todos.  

Jobs de Jesus Macena, de 46 anos, ficou internado por 29 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) devido a uma pneumonia grave. Quando ele chegou, seu quadro era difícil segundo os médicos, pois apenas 10% de seus pulmões estavam em atividade.  Mas Jobs reagiu surpreendendo toda a família e equipe médica, que comemorou com o paciente assim que ele foi transferido para enfermaria da Clínica Médica, realizando homenagem musical com a presença da filha, esposa e colaboradores do Hospital. O paciente, que já recebeu alta, disse que depois de tanto tempo internado, se sentiu literalmente em casa. “Penso que até mesmo no inconsciente não perdi a esperança. Sentia que estava rodeado de pessoas queridas e, conforme os dias passavam, eu sentia mais segurança para poder subir mais degrau”, afirma.

“Ao fazer quaisquer atividades que valorizam a vida das pessoas, sejam colaboradores, pacientes e suas famílias, estamos cultivando bons sentimentos. É como disse o Jobs, nossa missão é trazer a casa desses pacientes para dentro do Hospital”, declara a vice-presidente da Comissão de Humanização do Hospital, Monica Soares. 

A Política Nacional de Humanização existe desde 2003 para efetivar os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) no cotidiano das práticas de atenção e gestão, qualificando a saúde pública no Brasil  e incentivando trocas solidárias entre gestores, trabalhadores e usuários, e no Hospital Regional de Ponta Porã, as ações humanizadas tem favorecido o bom relacionamento entre todos, diariamente. Um sorriso, um ‘muito obrigado’, ou ‘posso ajudar’ tem sido palavras constantes, e é essa realidade de afeto e diálogo que faz a diferença.

O militar Marco Aurélio Sanguenza, de 47 anos, está com o filho Stefano de 10 meses internado por pneumonia no setor de Pediatria. Ele relata que desde o cuidado com a limpeza, o Hospital deixa evidente que está trabalhando para tornar cada dia melhor a saúde pública de Ponta Porã. “O Hospital tem profissionais extremamente responsáveis empenhados, e eu penso que isso precisa ser valorizado, porque mesmo com todas as dificuldades, temos um ótimo atendimento”, disse.

Na Ortopedia, um dos internados reconheceu carinhosamente o bom trabalho da equipe de enfermagem e os presenteou com canecas personalizadas contendo nome e função de cada um. O estudante Rafael Santana, 27 anos (internado por fratura em uma das pernas devido acidente de trânsito) disse que resolveu presentear a equipe, juntamente com seu irmão, Renato Santana, porque percebeu o empenho e a alegria dos enfermeiros e técnicos no atendimento a eles e aos demais colegas internados. “Desde o primeiro dia eles nos deixaram a vontade, sempre sorridentes e muito esforçados”, conta Rafael, que já recebeu alta e vai ao Hospital uma vez por semana para fazer os curativos pós-cirurgia.  

“Eu e minha equipe nos sentimos motivados e satisfeitos pelo reconhecimento do trabalho que desenvolvemos dia a dia aqui na Ortopedia do Hospital”, afirma o enfermeiro Eduardo de Freitas.  A técnica de imobilização, Francielly Batista Oviedo, disse que ser lembrada representa atenção e sensibilidade no atendimento com as pessoas, visto que a equipe trabalha para ajudar as pessoas da forma mais humana possível. (Informações Notícias MS)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6651