Definir Rádio CBN - Campo Grande/MS como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
7675
PREFEITURA TL  MEU BAIRRO LIMPO
AGRONEGÓCIO

Campo Grande recebe fábrica de proteínas de soja da gigante ADM

A empresa investiu US$ 250 milhões para atender demanda da indústria alimentícia e de bebidas

8 JUN 2018 - 15h:11Por Éder Campos

A unidade industrial da ADM do Brasil (Archer Daniels Midland) foi inaugurada oficialmente nesta sexta feira,08, numa área de 25 mil m² onde existem outras plantas de processamento de soja. Esta unidade de produção de proteínas da soja será a maior da modalidade na América Latina e irá absorver grãos de produtores de todo o Mato Grosso do Sul.

A ADM inicia a produção local já com contratos em andamento no mercado nacional, atendidos até agora por produtos importados dos Estados Unidos. O complexo também produzirá ingredientes para exportação e integra a divisão ADM Nutrition, nova área de negócios da ADM que vem crescendo em todo o mundo.

Em Campo Grande, são produzidas proteínas especiais (isolada, funcional concentrada e texturizada) que possuem grande versatilidade e inúmeros benefícios. A de proteína de soja é utilizada em produtos para nutrição esportiva, controle de peso e em alimentos para idosos, crianças e dietas especiais.

Segundo Roberto Ciciliano, presidente da ADM Nutrition na América Latina, a nova fábrica é não apenas a maior, mas também a mais moderna de proteínas da América Latina, e a que conta com o maior portfólio de produtos. No total, a ADM pode oferecer mais de 75 proteínas diferentes, com uma capacidade total de 50 mil toneladas/ano. “Passamos a ter mais flexibilidade para apoiar os clientes no desenvolvimento de produtos, em um segmento de elevado potencial de crescimento”, destaca Ciciliano, ao observar que este é o primeiro grande passo na ampliação da atuação da ADM neste mercado na região.

Roberto Ciciliano, presidente da ADM Nutrition na América Latina

A unidade inicia a operação com 140 novos funcionários, com alto grau de especialização e capacitação técnica, que atuam nas diversas etapas da operação. Com processos automatizados e controlados de forma centralizada, a fábrica conta com tecnologia e equipamentos de última geração, além de um novo armazém, construído em parceria com a DHL, que atende todos os requisitos de segurança alimentar.

Para o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, com a chegada desta unidade da ADM o estado se equipara à indústria nacional. “Muito importante para nós, a indústria está aqui no nosso Mato Grosso do Sul. Um projeto como esse, totalmente inovador é um avanço, um passo importante na industrialização moderna no que é a indústria nacional”, afirma.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, disse que é uma oportunidade na geração de emprego e renda. “Primeiro esse investimento irá transformar grãos de soja em proteína isso agrega valor ao produto. Um investimento desse gera uma base de emprego e potencializa a geração de renda. Não queremos ser um exportador de grãos, de commodities, queremos exportar produtos com valor agregado”.

O governo estadual apresentou na quinta feira, 07, relatório dos principais produtos exportados pelo Mato Grosso do Sul de janeiro a maio de 2018, a soja em grãos ocupa a primeira posição com 2,157 milhões de toneladas. Nesse período, o valor de faturamento de todos os itens da cesta de produtos enviados ao exterior é US$ 1.2 bilhão, equivalente a R$ 4.350 bilhões.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN Campo Grande

Ver Todos os Vídeos
7201