Rádios On-line
ENTREVISTA

Candidato do PHS defende que Educação seja administrada por funcionário de carreira

Paulo Leite foi o primeiro entrevistado do jornal RCN Notícias, da Rádio Cultura FM

30 AGO 2016 - 18h:04Por Ana Cristina Santos

O comerciante Paulo Leite, do PHS, abriu nesta terça-feira (30) a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Três Lagoas nas eleições deste ano, no programa RCN Notícias da Rádio Cultura FM (106,5).

O candidato teve três minutos para se apresentar e explicar porquê decidiu disputar a prefeitura da cidade. Entre as perguntas respondidas, uma foi na área da educação. Segundo o candidato, caso eleito, pretende escolher uma pessoa de carreira para ocupar a Secretaria de Educação. “É preciso colocar uma pessoa que conhece os problemas da educação. Colocar uma pessoa que não detém o conhecimento, é dar um tiro no pé”, destacou.

Na opinião do candidato, o professor tem que ser o profissional mais bem valorizado. “Eles que formam o caráter e princípio das crianças. As reivindicações para essa valorização têm que ser feita através de diálogo. É preciso investir na capacitação dos profissionais”, destacou.

Ao responder uma pergunta sobre infraestrutura, Paulo Leite disse que, se eleito, vai priorizar obras de drenagem, para posterior executar a pavimentação asfáltica. Segundo ele, os administradores têm "pecado” em executar obras de asfalto sem drenagem de águas pluviais. “O nosso compromisso é de valorização do dinheiro público”, destacou.

O candidato do PHS destacou ainda a necessidade de investir mais em lazer nos bairros. Disse que a Lagoa Maior é importante e precisa ser cuidada, mas ressaltou que as praças dos bairros também precisam de atenção especial. “Ninguém consegue ficar nessas praças, não tem sombra. Criar cartão postal para as pessoas tirarem foto é fácil, quero ver respeitar as pessoas que estão na periferia, oferecendo condições de lazer”, destacou.

Em relação aos problemas da saúde, o candidato defende a manutenção de um auditor da controladoria interna do município para verificar o funcionamento das unidades de saúde e se os recursos têm sido utilizados de maneira correta para evitar, por exemplo, a falta de medicamentos nos postos de saúde. 

Ainda durante o programa, o candidato respondeu a perguntas de ouvintes e teve oportunidade também de dizer que “não tem vergonha em ser um candidato ‘pobre’, humilde e uma pessoa simples. Ressaltou que considerada uma virtude ser desprovido de vaidade e ganância.

Nesta quarta-feira, o entrevistado será o candidato do PSD, Jorge Martinho. A entrevista com todos os candidatos estão marcadas das 7h30 às 8h15.
 

Deixe seu Comentário