Rádios On-line
11338
Honda Paranaíba

Comarca de Camapuã implanta Projeto Padrinho

Desde a semana passada, a sociedade de Camapuã tem à sua disposição uma proposta que aproxima crianças acolhidas de pessoas que se dispõem a apoiá-las na garantia de seus direitos, a estimular o exercício à cidadania, a construção da afetividad

20 NOV 2012 - 13h:55Por Redação

Desde a semana passada, a sociedade de Camapuã tem à sua disposição uma proposta que aproxima crianças acolhidas de pessoas que se dispõem a apoiá-las na garantia de seus direitos, a estimular o exercício à cidadania, a construção da afetividade, além do apoio material, profissional e educacional: o Projeto Padrinho.

O juiz da Vara da Infância e da Juventude da Comarca, Deni Luiz Dalla Riva, por meio da Portaria nº 02/2012, instituiu o Projeto Padrinho com a finalidade de proporcionar ajuda material ou afetiva às crianças e aos adolescentes com processos em situação de risco pessoal, auxiliando na solução dos problemas que deram origem a estas ações judiciais, e àqueles que estiverem em Programa de Acolhimento.

Os interessados podem apadrinhar as crianças e/ou adolescentes acolhidas em abrigos, e assumirão o compromisso de prestar assistência a estes.

Existem diferentes opções de apadrinhamento para atender as necessidades de todos que desejam ser padrinhos:

- Padrinho afetivo: proporciona atenção e carinho à criança abrigada;
- Padrinho voluntário: faz algum tipo de trabalho esporádico nas entidades de acolhimento;
- Família acolhedora: recebem a criança em casa até que o processo judicial seja concluído e definida a situação da criança, que será a adoção ou retorno à família;
- Prestador de serviço: aquele que atende os abrigos de acordo com sua especialidade profissional, de maneira gratuita ou com ajuda material.

Projeto - O Projeto Padrinho começou a funcionar em junho de 2000 em Campo Grande. Com o sucesso das atividades, o projeto foi implantado no interior do Estado, em cidades como Dourados, Amambai, Aquidauana, Corumbá, Rio Brilhante, Maracaju, Três Lagoas, Bataiporã, Nova Andradina, Sonora, Jardim, Bonito, Ponta Porã e recentemente em Camapuã.

Destaque - O Projeto Padrinho é referência nacional. Diante do sucesso da iniciativa em Campo Grande, o projeto já foi dividido e implantado em mais de 50 cidades brasileiras. Na terça-feira (13) o Projeto Padrinho foi premiado no I Prêmio CNJ Infância, cerimônia na qual foi realizada no Plenário do Conselho Nacional de Justiça, em Brasília (DF).

Para fazer parte do projeto, basta fazer a inscrição. Informações sobre como se tornar um padrinho na Comarca de Camapuã poderão ser obtidas pelo telefone (67) 3286-1204.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13