Rádios On-line
CONFUSÃO

Debate de candidatos a prefeito de Paranaíba acaba em delegacia. VEJA VÍDEOS

Após confusão sobre regras do debate, cabo eleitoral é acusado de agredir filha de adversário

23 SET 2016 - 10h:08Por Roberto Chamorro

Um debate promovido pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) entre candidatos a prefeito de Paranaíba terminou na delegacia da Polícia Civil, nesta quinta-feira (22). Duas pessoas foram levadas para delegadia, acusadas de agressão. O caso será investigado pelo delegado Wallace Borges, e diversas testemunhas devem ser ouvidas, além de pessoas que acompanharam os suspeitos até por volta da meia noite de ontem.

Um dos acusados é um militante da Coligação “Coragem para mudar”, José Humberto Garcia. O grupo de partidos defende a candidatura do vereador Maycol Queiros (PTB) a prefeito da cidade. 

Em meio à confusão, José Humberto Garcia foi retirado, pela polícia, do anfiteatro da universidade após, supostamente, ter agredido uma adolescente de 16 anos, filha do ex-prefeito José "Braquiára" Garcia de Freitas (sem partido).

Tudo começou quando o presidente do diretório municipal do PSDB, Fredson Freitas, tentou mudar as regras do debate com pedido de intervalo entre blocos de perguntas - Maycol Queiroz não aceitou.

Incitado pela informação de que o organizador do debate, professor Wesley Ricardo Freitas, seria primo de Maycol, Fredson Freitas liderou o abandono do debate pelo  candidato tucano, o engenheiro Ronaldo Miziara de Lima.

As agressões teriam começado após Miziara deixar o local. José Humberto, supostamente teria atingido a adolescente com um tapa no rosto. A menor desmaiou e foi carregada por partidários de Miziara. A Polícia Militar interviu e teve de usar spray de pimenta para abafar a confusão.

Alan Silva Santeli, assessor do vereador Paulo Henrique Cançado (PTB), foi levado à delegacia acusado de acertar um söco contra José Humberto.. Todos foram ouvidos e liberados. A adolescente permanecia internada até a manhã desta sexta-feira. Ambos foram procurados pela reportagem, por telefone, mas não foram localizados.

Sem debate, Maycol Queiroz limitou-se a apresentar parte de sua plataforma de governo, como apoiar demanda específicas de estudantes, como ônibus circular à noite e calçada entre o campus da UFMS e o bairro Jardim América, além de investimentos no Hospital Santa Casa e em praças públicas da cidade.

Assista os vídeos postados por internautas em redes sociais. 

Deixe seu Comentário